Política

Duarte Jr. coordena segunda audiência para definir local de instalação da Defensoria Pública na Zona Rural

Anúncios

O deputado Duarte Júnior (PC do B) coordenou, na noite de quarta-feira (18), a segunda audiência pública para definir o local para a instalação de um núcleo da Defensoria Pública Estadual (DPE), na Zona Rural de São Luís. O evento ocorreu na sede da Associação Beneficente e Recreativa da Vila Itamar e contou com a participação de defensores públicos e lideranças comunitárias do bairro e de áreas adjacentes.

A primeira audiência aconteceu no dia 4 deste mês, na Vila Nova República, ocasião em que moradores sugeriram que a DPE poderia ser instalada no Terminal de Integração do Distrito Industrial, com o argumento de que ali é o local adequado, por conta da localização estratégica e praticidade.

O objetivo das audiências é consultar as comunidades sobre o melhor local para ser implantada a primeira Defensoria Pública de uma das mais importantes áreas da cidade. O órgão levará serviços do núcleo de defesa do consumidor e de outros especializados na defesa dos direitos dos cidadãos, para cerca de 100 mil moradores dos 90 bairros que compõem a Zona Rural da capital maranhense.

Empenhado nesta tarefa, o deputado Duarte Júnior direcionou uma emenda parlamentar no valor de R$ 390 mil. Ele justifica sua iniciativa, enfatizando que a Zona Rural é uma área que necessita de uma melhor atenção por parte do poder público.

“Como dirigente do Procon, consegui instalar um posto do órgão, um posto policial e um do Viva na Zona Rural. Agora, estou empenhado na instalação dessa unidade da Defensoria Pública. Também coloquei uma emenda no valor de R$ 200 mil para que seja construído um complexo no Parque da Juçara, no Maracanã, com o objetivo de fortalecer aquela tradicional festa, no sentido de que o Parque venha a funcionar o ano inteiro, gerando emprego e renda”, afirmou.

O parlamentar disse ainda que os recursos para a construção do núcleo da DPE já estão disponíveis, faltando apenas a escolha do local, para que a licitação seja feita e, consequentemente, iniciada a obra.Elias Auê

A audiência contou com a participação de defensores públicos e lideranças comunitárias da Zona Rural de São Luís

Sustentável 

Na opinião de César Amaral Pereira, presidente da Associação Beneficente e Recreativa da Vila Itamar, o bairro é o mais adequado para receber a unidade da DPE. “Aqui é o início da Zona Rural I. É também a entrada e a saída da cidade. Além disso, nós temos um terreno que pode ser disponibilizado para a obra”, afirmou.

Compartilha do mesmo pensamento o líder comunitário do Recanto Verde, Raimundo  Duarte, um dos mais entusiasmado com o projeto.

O subdefensor público geral, Gabriel Furtado, mostrou aos moradores presentes à reunião a importância da Defensoria Pública na Zona Rural e disse que a DPE será sustentável e econômica, formado por contêineres e equipada com placas solares, a um custo de instalação 70% mais barato.

Também participaram da audiência o defensor público Rairon Laurindo, além de representantes de diversos bairros de áreas próximas, como Recanto Verde, Tirirical, Vila Sarney e Vila Batatã.

Na ocasião, ficou definido que a próxima audiência acontecerá na Vila Sarney, em data ainda a ser agendada com o deputado e lideranças do bairro.

*Fonte: Assembleia Legislativa do Maranhão

%%footer%%

Categorias:Política

Deixe uma resposta