Últimas Notícias

Sucesso no Oscar, Coreia do Sul também manda bem nos games

Anúncios

O triunfo do filme Parasita no Oscar tem feito muitas pessoas abrirem os olhos para a Coreia do Sul. O país ultimamente é mais lembrado pelo fenômeno do kpop, gênero musical que tornou famosas bandas como BTS, EXO e Twice; e agora também começa a chamar atenção pelo cinema. Mesmo antes disso, as séries de TV coreanas já vêm fazendo a cabeça de um nicho de fãs cada vez mais numeroso e barulhento.

No mundo dos games, quando se pensa na Coreia do Sul, geralmente a primeira imagem que vem à mente é o mercado de esporte eletrônico. Impulsionado pela popularidade dos “PC bangs”, como ficaram conhecidas as lan houses de baixo custo que proliferaram no país na virada do século, hoje o videogame já pode ser considerado esporte nacional na Coreia do Sul. Nos anos 2000, campeonatos profissionais de videogame, muito deles televisionados e capazes de arrastar uma multidão de torcedores nas arenas e atrair empresas gigantes como patrocinadoras, eram uma realidade exclusiva deste país. Tanto que já no ano 2000 foi criada a Korean e-Sports Association (KeSPA), órgão vinculado ao Ministério da Cultura, Esportes e Turismo. Essa entidade é responsável por regularizar e promover o esporte eletrônico no país.

Dois games em especial fizeram muito sucesso nesses anos iniciais: Starcraft e Warcraft III, ambos da Blizzard. E há alguns anos, um jogo reina nesse cenário: League of Legends. A liga coreana de LoL é considerada a mais forte do mundo: times do país já levantaram a taça de campeão mundial cinco vezes desde a primeira edição do torneio, em 2011.

*Fonte:AgênciaBrasil

Deixe uma resposta