Educação

“Ela vai ter um futuro diferente”, diz mãe de aluna matriculada na 1ª escola bilíngue da rede estadual

Anúncios

A pequena Ana Melissa, 6 anos, está ansiosa para o início das aulas. A razão é comemorada por toda família. O modelo de ensino da nova escola, bilíngue e em tempo integral, só era acessível, no Maranhão, para estudantes da rede particular.

Mas depois que o Governo do Estado criou o Centro de Ensino Fundamental Bilíngue Integral do Maranhão, Ana Melissa e muitos outros alunos da rede pública vão ter a oportunidade de estudar numa escola com duplo idioma, gratuitamente.

sempre quis muito fazer inglês, e a gente sempre batalhou para tentar pagar. Toda mãe sonha em ver ser filho estudar e ter um futuro promissor, mas isso não estava dentro da nossa realidade”, diz a mãe de Ana Melissa, Letícia Luiza Gomes Pereira. “Agora, ela sabe que vai ter um futuro diferente do que a gente estava planejando”, conta.

A promessa de uma educação pública transformadora se estende para o caçula da família, de apenas 3 anos. “A gente já está na expectativa para quando começar as inscrições para ele, daqui a três anos”, diz Letícia.

Ela e outras mães e pais de alunos confirmaram matrícula na nova escola nesta terça-feira (10), na sede da Unidade Regional de Educação de São Luís (URE), na Vila Palmeira. Até o fim da manhã, 60% das inscrições haviam sido confirmadas.

Segundo o gestor auxiliar do Centro de Ensino Bilíngue, Elan Fernando Campelo, há uma lista de excedentes para o caso de restarem vagas em aberto. “Foram dois dias de inscrições, que se encerram hoje”, lembrou o gestor, que também está animado para a nova empreitada.

“A gente tem trabalhado arduamente, todos os dias da semana, com a preparação das aulas”, comenta. “Está todo mundo ansioso e trabalhando em ritmo acelerado para esse início”, completa o gestor.

A Escola Bilíngue

O Centro de Ensino Fundamental Bilíngue Integral do Maranhão abre as portas para alunos e professores na próxima segunda-feira (16), na Avenida Contorno, nº 55, no bairro Rio Anil, em São Luís.

Foram selecionadas crianças residentes nos bairros Rio Anil, Maranhão Novo, Vila Palmeira, Vila dos Nobres, Ipase de Baixo, Bequimão e Alto do Pinho. Outros critérios, como cadastro no Bolsa Família e ordem cronológica de acesso ao portal da pré-matrícula foram considerados para a inscrição.

*Fonte: MA.gov

Anúncios

Categorias:Educação

Deixe uma resposta