Polícia

Flávio Dino apresenta potencialidades do Maranhão em Fórum de Investimentos em Infraestrutura da Abdib Norte

Anúncios

O governador Flavio Dino participou nesta sexta-feira (13) do Abdib Fórum Infraestrutura Regional – Edição Norte que discute ações locais de desenvolvimento integradas ao desenvolvimento nacional. Na ocasião, o governador apresentou um panorama fiscal e econômico do Maranhão, além das potencialidades do Porto do Itaqui e oportunidades de negócio nos setores de gás e transporte no estado.

“A saída da crise no Brasil depende de uma grande união na área política e também com a sociedade. Os empresários têm papel fundamental para que nós possamos fazer essa sinergia entre investimentos públicos e privados. Por isso a importância desse evento que é uma possibilidade de apresentarmos a nossa visão estratégica e ao mesmo tempo convidar o setor privado para nos ajudar na geração de oportunidades de investimentos, trabalho e renda na Amazônia Brasileira”, disse Flávio Dino no Pará.

Durante o fórum participaram autoridades públicas e lideranças privadas dos estados da Amazônia Legal (Pará, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Amazonas, Acre, Rondônia, Tocantins e Roraima) com o objetivo de avaliar estratégias para a retomada do crescimento a partir do investimento em infraestrutura.

O governador Flávio Dino participou da primeira rodada de Painel de Governadores, com os governadores do Pará, Helder Barbalho, e do Amapá, Waldez Góes. Com eles, Débora Arôxa, da Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Presidência da República e o presidente da Abdib, Venilton Tadini.

Maranhão de oportunidades

Em sua apresentação o governador destacou o crescimento do PIB do Maranhão em 2017, último dado disponível do IBGE, que representa o quarto maior crescimento do país, o que levou o estado a ter um saldo crescente na geração de empregos formais. O governador citou ainda a taxa de investimento do estado que é uma das três maiores taxas de investimento público do país.

Flávio Dino expôs ainda os investimentos para o estado, a exemplo do Porto Itaqui com os terminais de combustíveis, grãos, celulose, com previsão de leilão para o 2° trimestre deste ano; os investimentos disponíveis no aeroporto de Barreirinhas, área dos Lençóis Maranhenses; a desestatização da companhia de Gás do Maranhão e o edital que será lançado para a concessão do serviço aquaviário de transporte de passageiros de São Luís à região da Baixada Maranhense.

“Nós temos insistido na ativação de investimentos públicos que repercutem no setor privado. Temos fundos abundantes do BNDES e é preciso quebrar preconceitos contra os estados, já que os estados têm alta capacidade de investir em infraestrutura. Nesse momento, obras públicas são essenciais para superar a crise. É preciso corrigir esses desacertos federativos e romper com o preconceito com os estados”, disse Flávio Dino.

Categorias:Polícia, slider

Deixe uma resposta