Política

Com surto de coronavírus, órgãos e entidades se manifestam no Maranhão

No Maranhão não há casos registrados do novo coronavírus, mas órgãos e entidades já se manifestam sobre alteração de rotina e aplicação de planos de prevenção. Com o surto pandêmico de coronavírus registrado no mundo e os casos crescentes de pessoas infectadas no Brasil, a preocupação cresce e surgem as medidas de prevenção e combate ao vírus.

O Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA) decidiu pela suspensão de todas as audiências do Centro Judiciário de Solução de Conflitos (CEJUSC) no período de 17 a 31 de março de 2020. Além disso, magistrados e servidores que se enquadram no grupo de risco (gestantes, maiores de 60 anos e portadores de doenças crônicas) poderão realizar suas atividades de forma remota.

A Confederação Nacional do Comércio (CNC) e Fecomércio-MA orientam que “os comerciantes devem acompanhar ainda mais de perto a rotatividade dos estoques e o ritmo das vendas. No cenário de preços mais baixos, mas com possível queda na confiança dos consumidores, deve-se evitar estoques elevados”.

O Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de São Luis também orienta que os usuários do transporte público “redobrem os cuidados básicos de higienização dos ônibus, com ênfase na limpeza de corrimões, portas, bancos e janelas; mais vezes ao dia”.

Em nota, o SET reconhece que o serviço de transporte não pode parar pois é um dos pilares da economia local, mas que a consciência individual permanece sendo uma das principais ferramentas para no combate ao vírus.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc), seguindo diretrizes do governo suspendeu por 15 dias as aulas nas escolas que fazem parte da rede estadual de ensino. De acordo com o documento, como forma de manter os serviços administrativos e a execução das demandas inerentes à atividade da gestão escolar, durante o período de suspensão das aulas será mantido o horário de expediente da equipe de gestão escolar e dos servidores que atuam no suporte pedagógico das escolas. O trabalho será executado por sistema de rodízio, que será definido pelas Unidades Regionais de Educação (URE’s).

A Assembleia Legislativa do Maranhão também ira cumprir pacote de mudanças dentro da sede no bairro Cohafuma, em São Luís. Após reunião, o presidente da Casa, Othelino Neto, divulgou que uma das medidas é limitar o acesso de visitantes à área interna da Assembleia.

“É uma decisão que mudará a nossa rotina. Embora provisórias, as determinações buscam o menor impacto possível ao funcionamento do Parlamento”, explicou Othelino, acrescentando ainda que o controle do coronavírus só terá sucesso com a”conscientização das pessoas e o mínimo de exposição possível para evitar aglomerações”.

A Câmara de Vereadores já possui um documento estabelecendo a nova rotina na Casa, que deve ser assinado ainda nesta terça-feira (17). O Tribunal de Justiça também deve entrar em reunião para decidir novas diretrizes dentro do Palácio.

O Ministério Público do Maranhão se reuniu para analisar e discutir o plano de contingência do governo do Estado. Entre os pontos discutidos:fluxos de atendimento e testagem de pacientes quanto ao coronavírus e H1N1; a necessidade do cuidado no transporte de pacientes, tanto entre municípios, quanto entre unidades de saúde e, até mesmo, dentro das unidades; e os protocolos de notificação dos casos, que deve incluir os pacientes com suspeita das doenças.

*Fonte:PortalGuará

Categorias:Política, Saúde

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.