Política

Deputado Bira pede que governador avalie fechamento temporário dos bancos no Maranhão

Anúncios

O país e o mundo atravessam um momento muito difícil com a pandemia do coronavírus e, no Maranhão, também pelo surto de H1N1. Tendo em vista a proteção de bancários e da população maranhense, o deputado federal Bira do Pindaré (PSB/MA) encaminhou ao governador Flávio Dino um ofício solicitando a avaliação do fechamento temporário das agências bancárias no Maranhão pelo prazo de quinze dias. O estado de Santa Catarina e o Distrito Federal já adotaram a medida.
O texto propõe que o atendimento passe a acontecer apenas em casos excepcionais, é o caso de programas bancários destinados a aliviar as consequências econômicas do novo coronavírus e, também, atendimento de pessoas com doenças graves.
“A doença é altamente infecciosa e ameaça muitas pessoas ao redor do mundo simultaneamente. Devido a sua gravidade, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Ministério da Saúde têm se esforçado para conter a expansão do vírus recomendando a adoção de medidas gerais de prevenção”, argumentou. É o caso dos cuidados com a higiene das mãos, o não compartilhar objetos de uso pessoal e individual, além de evitar aglomerações.
Em todo o país, os casos já passam de 621, segundo o último balanço do Ministério da Saúde. E nem todos os casos foram contabilizados, já que o Mistério da Saúde recomenda que quem tiver sintomas leves não procure os hospitais, entre apenas de quarentena.
O parlamentar lembrou que mais da metade das casas de saúde do Brasil possuem menos de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para cada 10 mil pessoas, o mínimo recomendado pela OMS. “A falta de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é um problema para o tratamento do quadro clínico causado pelo COVID-19, já que, nos casos mais graves, é necessária a internação do paciente.
Com a adoção da medida, o objetivo do deputado Bira é conter os avanços da doença e o colapso no sistema brasileiro de saúde.

Categorias:Política

Deixe uma resposta