slider

Serviços públicos têm rotina modificada atendendo às medidas de combate ao COVID-19

Por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e como medida extra deliberada sob decreto municipal, entre elas a necessidade do isolamento social em observância ao alto risco de contágio pela doença, o prefeito Edivaldo Holanda Junior anunciou que, a partir desta segunda-feira (23), a prestação de serviços municipais priorizará aqueles que são essenciais à população, com o objetivo de evitar aglomerações de pessoas nas repartições públicas, usando o transporte coletivo e circulando na cidade. A Prefeitura de São Luís vem trabalhando com o intuito de evitar um maior número de casos confirmados do vírus na capital .

“A redução na prestação de serviços municipais não essenciais à população, pelo menos neste momento, é fundamental para conseguirmos fazer com que as pessoas cumpram a recomendação de isolamento social. Essa decisão parte de uma preocupação que temos com todos os ludovicenses e vai ao encontro do que os órgãos de saúde têm orientado às cidades. A Prefeitura de São Luís entende que quanto menos pessoas houverem nas ruas, em meio a grandes aglomerações e em nossas repartições, menor é o risco de contaminação pelo coronavírus e mais rapidamente passaremos por essa crise sanitária que todo o mundo está enfrentando”, enfatizou o prefeito Edivaldo, que segue atento aos acontecimentos e, a cada nova necessidade, tomando medidas para conter o avanço da doença. Nesta segunda-feira (23) baixou novo decreto declarando estado de calamidade pública em São Luís e definindo outras medidas para o enfrentamento da pandemia decorrente do Covid-19 e do aumento do número de casos do H1N1.

Neste momento, devem funcionar apenas as seguintes pastas: Secretária Municipal de Governo (Semgov); Secretaria Municipal de Saúde (Semus); Secretaria Municipal de Comunicação (Secom); Secretaria Municipal de Administração (Semad); Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan); Secretária Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc); Secretaria Municipal de Obras e Serviços (Semosp); Instituto Municipal da Paisagem Urbana (Impur); Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT); Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz); Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas); Secretaria Municipal de Projetos Especiais (Sempe); Controladoria-Geral do Município (CGM); Procuradoria-Geral do Município (PGM); Central Permanente de Licitação (CLP) e Comitê Gestor de Limpeza Urbana.

O isolamento social é uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde para evitar o risco de cada pessoa se contaminar com o novo coronavírus. Atualmente, evitar ambientes com grande e média aglomerações de pessoas é a principal arma de combate à doença.

Na área da saúde, as férias e licenças prêmios dos servidores da saúde foram suspensas por 60 dias. Todos os profissionais da área também devem comprovar vacinação contra a Influenza até o dia 10 de abril. Também foram vedadas por 60 dias novas internações para cirurgias eletivas – aquelas que não são urgentes – com a finalidade de disponibilizar mais leitos nas unidades de saúde.

Por um prazo de 30 dias estão vedadas visitas nas unidades hospitalares e de acolhimento da rede municipal, sendo permitida somente a troca de acompanhantes e desde que estes não apresentem quaisquer sintomas de doenças respiratórias. Estão suspensos, também por 30 dias, os trabalhos de marcação de consultas na Cemarc Alemanha, excetuando-se os atendimentos de urgência, autorização de exames de alta complexidade e TFD (Tratamento Fora do Domicílio) que continuarão funcionando normalmente. As escolas da rede municipal de ensino também foram suspensas por um período de 15 dias.

O Comitê Gestor de Limpeza Urbana também readequou os seus serviços. A coleta regular domiciliar segue sendo prestada sem alterações, mas cuidados especiais passarão a ser tomados, considerando a importância da limpeza das ruas e o recolhimento dos resíduos. Já os serviços de coleta seletiva ficam suspensos imediatamente por prazo indeterminado, assim como os serviços de transporte e de manejo nas instalações de recuperação de resíduos recicláveis devido ao risco que apresentam.

Os Ecopontos passam a receber apenas os resíduos de podas, volumosos e entulhos por prazo indeterminado. A recomendação é que o cidadão acondicione os recicláveis (papel/papelão, plásticos, metais e vidros) em casa para recolhimento por meio da coleta seletiva por agendamento ou recebimento nos Ecopontos assim que for possível retomar estes serviços.

*Fonte:Ma10

Categorias:slider

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.