Política

Dino elogia reunião com Bolsonaro, mas critica postura do presidente

Anúncios

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), elogiou a reunião entre governadores e presidente, mas apontou algumas indefinições.

Em encontro virtual na manhã desta quinta-feira (21/V), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que vai sancionar com vetos o projeto de socorro emergencial a estados e municípios para o enfrentamento dos efeitos decorrentes da pandemia do novo coronavírus.

“Isso será sancionado o mais rápido possível para que possamos fazer dessa reunião uma grande vitória do povo brasileiro”, afirmou o presidente.

Para Dino, que se manifestou no Twitter, não ficou claro que trechos Bolsonaro irá vetar.

“Reunião do presidente da República com os governadores foi um sinal positivo. Contudo, lamento que ainda não saibamos o que será vetado. E que a pauta econômica e social não tenha sido abordada. Espero que o diálogo institucional se mantenha como regra, e não exceção”, escreveu o governador.

Reunião com clima ameno
Ao contrário da reunião anterior, em que o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o presidente bateram boca, desta vez o clima foi ameno.

Na oportunidade, Davi Alcolumbre pregou a união para enfrentar o que classificou como “uma guerra” ao se referir à pandemia.

“Chegou a hora de todos darmos as mãos. Estamos vivendo uma guerra e na guerra todos perdem. Seremos cobrados no futuro sobre quais atitudes nós tomamos”, disse.

Bolsonaro critica governadores
Antes da reunião, o presidente Bolsonaro não poupou os governadores de suas criticas.

“Imaginem uma pessoa do nível dessas autoridades estaduais na Presidência da República. O que teria acontecido com o Brasil já. Vocês vão ter que sentir um pouco mais na pele quem são essas pessoas para, juntos, a gente mudar o Brasil. Mudar à luz da Constituição, da lei, da ordem”, disse Bolsonaro, segundo o UOL, na portaria do Palácio da Alvorada.

*Fonte:ConversaAfiada

Anúncios

Categorias:Política, slider

Deixe uma resposta