meio-ambiente

Monitoramento mostra que Maranhão registrou 231 focos de queimadas

Anúncios

Entre o dia 16 e 31 de maio de 2020, o Maranhão registrou 231 focos de queimadas, segundo monitoramento realizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA). A maior parte dos focos de queimadas, 90,9% foi no Bioma Cerrado. O Bioma Amazônia teve 7,8% focos de queimadas e o Bioma Caatinga teve 1,3%.

Grajaú, Mirador, Riachão e Carolina foram os municípios com maior número de foco de queimadas. Os dados demonstram também que felizmente não houveram focos de queimadas nas Unidades de Conservação Estaduais, mas oito focos de incêndios foram em Terras Indígenas.

Os satélites de referência detectam dados diários de focos que são utilizados para compor a série temporal ao longo dos anos e assim permitir a análise de tendências nos números de focos para mesmas regiões em períodos de interesse. Cada satélite de órbita polar produz pelo menos um conjunto de imagens por dia, e os satélites geoestacioários geram algumas imagens por hora.

*Fonte:PortalGuará

Categorias:meio-ambiente, slider

Deixe uma resposta