Cidades

Com cerca de 200 frentes simultâneas de trabalho na capital, prefeito Edivaldo mantém intenso ritmo de vistorias

Anúncios

Por meio do programa São Luís em Obras o prefeito Edivaldo Holanda Junior está executando mais de 200 frentes simultâneas de trabalho entre obras de pavimentação, drenagem, reforma de mercados, construção de praças e outros investimentos em infraestrutura. Nos canteiros de obras o ritmo de trabalho se manteve intenso mesmo durante o feriado da segunda-feira (29). Também é intensa a agenda de vistoria do prefeito às obras. Nesta segunda-feira ele esteve na zona rural, nas regiões do Tibiri e Vila Sarney. Na região estão sendo implantados 2,5 km de rede de drenagem entre outros serviços de urbanização. O prefeito esteve ainda no Santo Antônio acompanhando as obras de reforma do mercado. No bairro será feito também o asfaltamento das ruas e a construção de uma praça.

“Chegamos a um marco histórico em São Luís com centenas de obras em andamento, simultaneamente. São frentes de serviços em diferentes áreas de infraestrutura abrangendo da zona urbana à rural. Bairros como Tibiri, Tibirizinho, Rio do Meio, Vila Sarney, Vila Industrial, Vila Primavera e outros da zona rural estão sendo urbanizados pela primeira vez. As obras de pavimentação e drenagem vão tirar estas comunidades da poeira e da lama depois de décadas de espera. Ao mesmo tempo, intensificamos as frentes de serviço de infraestrutura, em bairros como o Santo Antônio, onde há mais de 40 anos a comunidade clamava pela reforma do mercado, que já está em andamento, além de pavimentação e uma nova praça, que serão iniciadas em breve. O Mercado do Santo Antônio é um dos nove mercados da capital que recebem obras. E assim seguimos com obras de infraestrutura por toda São Luís, garantindo mais saúde, mobilidade urbana e mais qualidade de vida para a população”, disse o gestor municipal.

A zona rural de São Luís está recebendo o maior investimento em obras de urbanização dos últimos 50 anos. Somente as regiões da Vila Sarney, que inclui Vila Industrial, Vila Primavera e Vila Nova República, estão sendo implantados 2,5 km de rede de drenagem. Na área, retroescavadeiras avançam abrindo as valas para a instalação das tubulações de concreto armado, medindo cerca de 1,20m de diâmetro e também de 80cm de diâmetro. As obras começaram pela Rua José Bonifácio, no cruzamento com a Rua Juscelino Kubitschek, na Vila Sarney.

Nestes bairros, além da drenagem, também estão sendo feitos serviços de pavimentação. Serão 13 km de asfalto em dezenas de ruas e avenidas que receberão asfalto pela primeira vez, viabilizando um novo sistema viário que interligará os bairros à região do Maracanã, melhorando a mobilidade urbana e a qualidade de vida de milhares de moradores em toda a área.

TIBIRI

Na área que compreende o polígono formado pelos bairros Tibiri, Tiribizinho e Rio do Meio, localizadas na altura do KM 3 da BR-135, a Prefeitura mantém uma ampla frente de trabalho de drenagem e asfaltamento, beneficiando milhares de famílias. Na Avenida do Matadouro, por exemplo, já estão sendo feitos os serviços de colocação de brita, que servirá de base para a pavimentação, que alcançará até 7 km de vias nos três bairros.

Antes da pavimentação, foram implantados 200 metros de drenagem profunda, com tubos de concreto armado de 1,20 metro de diâmetro, além da construção de poços de visita (PV) e galerias do tipo bocas de lobo para captação das águas pluviais.

Ainda na zona rural de São Luís, ao longo da BR-135, a Prefeitura está construindo uma ponte de concreto no bairro que transpõe um riacho afluente do Rio da Prata, interligando os bairros da Vila Itamar e Recanto Verde, com objetivo de facilitar o tráfego de pessoas e de veículos, acabando com um problema de décadas na região, que é a falta de acessibilidade. No local, já foi concluída a fase de terraplanagem e está sendo realizada a construção das fundações, com a cravação das estacas de concreto armado medindo entre 6 metros a 8 metros de comprimento cada.

Trata-se de uma obra estruturada em concreto armado com 36 metros de extensão e 10,5 metros de largura, com passeio para pedestre nos dois sentidos e drenagem pluvial. O projeto prevê ainda asfaltamento de vias e outras melhorias na região.

SANTO ANTÔNIO

O prefeito Edivaldo também vistoriou obras na região do bairro Santo Antônio. Primeiramente, o gestor conferiu o andamento da reconstrução do mercado público do bairro, localizado à margem da Avenida dos Franceses. O local foi praticamente demolido, restando apenas algumas paredes de alvenaria dos boxes originais, que estão sendo totalmente reformados.

No Mercado do Santo Antônio serão refeitos todos os pilares de sustentação, com estruturas novas de concreto armado, novo telhado, banheiros (masculino, feminino e adaptado para portadores de necessidades especiais), piso novo e instalações elétricas, sanitárias e hidráulicas.

“Trabalho neste mercado há 25 anos e nunca vi uma reforma no local. A situação geral estava muito precária, desde os banheiros, os boxes, piso e telhado”, comentou José Ribamar Silva, que vende frangos abatidos. “A gente espera que as condições de trabalho melhorem para todos com esta reforma. Pode melhorar até a freguesia”, acrescentou Samuel Nunes Maia, vendedor de frutas, legumes e verduras.

No mercado do Santo Antônio será reformada toda a estrutura interna, com a reorganização dos boxes, que passarão de 8 para 13 unidades, além de aproximadamente 20 bancadas na parte central do mercado, tudo construído com paredes de alvenaria e revestimento em cerâmica, padronizando todo o ambiente de trabalho e de circulação de pessoas.

Além do mercado, o prefeito Edivaldo conferiu também o início de implantação de asfalto em algumas ruas do Santo Antônio, como a Estrada da Vitória e as ruas São Pedro, Santa Luzia, Travessa Santa Luzia. Estão previstas ainda melhorias na praça da Estrada da Vitória. O bairro receberá ainda uma praça totalmente nova para que os moradores possam praticar atividades de lazer e esportivas.

Anúncios

Categorias:Cidades, Política

Deixe uma resposta