Alimentação

Governo do Maranhão entrega 800 cestas básicas para territórios indígenas

Anúncios

Na última sexta-feira (3), o Governo do Maranhão, por meio do Sistema da Agricultura Familiar (SAF, Agerp e Iterma), realizou a entrega de 800 cestas básicas à Diocese de Grajaú e que serão destinadas aos territórios indígenas da região.

Na ocasião, o secretário da SAF, Júlio César Mendonça; o bispo Dom Rubival; o gestor regional da Agerp de Presidente Dutra, Sebastião Wagner; e o cacique da Terra Indígena Morro Branco, Sebastião Guajajara; estiveram presentes, assim como irmãos da diocese.

O secretário da SAF, Júlio César Mendonça, enfatizou a importância desta ação. “Fico honrado de estar dialogando com os representantes da Terra Morro Branco e irmãos da diocese nesta ação de atendimento às necessidades emergenciais de segurança alimentar para as aldeias indígenas da região de Grajaú”.

As cestas vão ajudar cerca de 1 mil indígenas dos Territórios Indígenas Morro Branco e Bacurizinho, em Grajaú; Território Cana Brava, em Jenipapo dos Vieiras; e indígenas de Barra do Corda.

Na Terra Indígena Morro Branco, localizada em Grajaú, as cestas irão para 306 famílias de 21 aldeias. “Essas cestas vão ajudar bastante nossos parentes indígenas porque estamos enfrentando essa pandemia e vai ser de grande apoio para nossa comunidade”, afirmou o cacique Sebastião Guajajara.

As cestas serão distribuídas pela Diocese de Grajaú, por meio da Pastoral Indigenista, para aldeias de Grajaú, Jenipapo dos Vieiras e Barra do Corda.

O bispo da diocese, Dom Rubival, destacou que as cestas vieram numa boa hora, visto as dificuldades que a pandemia tem causado.

“Nossa gratidão porque neste momento de pandemia a solidariedade fala mais alto e estas cestas significam muito para cada indígena, pois é um momento de escassez e somos agradecidos por esta ação”.

Categorias:Alimentação, Cidades

Deixe uma resposta