Últimas Notícias

Adiamento de partida por conta de casos de Covid preocupa Sampaio

Anúncios

Confederação Brasileira de Futebol (CBF) atendeu ao pedido do Sampaio Corrêa e cancelou o jogo que estava marcado para a tarde de ontem, quarta-feira (19), no Estádio Castelão, contra o Figueirense-SC,  pela quarta rodada da Série B do Brasileiro. A entidade considerou legítimos os argumentos do clube maranhense,  que informou terem sido registrados mais quatro casos positivos de covi-19 no seu elenco,  subindo, desta forma, para nove o número de afetados desde a semana passada.

Antes da partida do último sábado, diante da Chapecoense,  outros quatro atletas e um membro da comissão técnica já tinham sido notificados como portadores da doença. Os nomes dos  profissionais constantes do relatório mais recente não foram divulgados.

A decisão sobre o cancelamento do jogo foi divulgada oficialmente no início da tarde pela Diretoria de Competições da CBF. “A Confederação Brasileira de Futebol  comunica que a partida entre o Sampaio Corrêa Futebol Clube e o Figueirense Futebol Clube, válida pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2020, que seria realizada nesta quarta-feira, 19, no Estádio Castelão, em São Luis do Maranhão, foi adiada em virtude dos resultados dos testes realizados no elenco do Sampaio Corrêa, que constataram, em prova e contraprova, a contaminação por coronavírus de quatro novos jogadores, totalizando nove atletas com PCR positivo dentre os 26 inscritos na competição. Oportunamente, a Diretoria de Competições da CBF informará a nova data para realização da partida”, diz a nota.

A medida foi bem recebida pelo presidente tricolor Sérgio Frota. “A CBF utilizou o bom senso, através do seu Diretor de Competições, Manoel Flores, e garantiu o adiamento da partida. Foi uma decisão acertada, visto que se trata de uma questão de saúde”, afirmou o dirigente por meio do site oficial.

Foi uma decisão acertada, visto que se trata de uma questão de saúde

A CBF ainda vai se pronunciar sobre uma nova data para o confronto entre o Tricolor e o Figueira. Quanto ao pedido para cancelamento, também, do jogo do próximo sábado (22) entre Sampaio e Brasil de Pelotas-RS, no interior gaúcho,  até o início da tarde não havia sido dada uma definição. Caso não tenha uma resposta positiva, o clube maranhense informou que tentará conseguir seu objetivo por meio da Justiça Desportiva.

O presidente do Sampaio Corrêa entende que a estas alturas não tem certeza se outros atletas que viajaram de Chapecó para São Luís estão todos sadios, pois todo o grupo saiu junto por via aérea de volta para a capital maranhense, tendo pernoitado em São Paulo devido ao mau tempo em Guarulhos não permitir a decolagem de aviões. Assim, todos os integrantes da delegação terão que ser novamente  examinados e o tempo para divulgação dos resultados é escasso.

Dúvidas de Condé

O cancelamento do jogo da quarta-feira não deixou o técnico Léo Condé inteiramente  tranquilo para a montagem da equipe, caso seja mantido o confronto contra o Brasil de Pelotas, no Sul do país,  por absoluta falta de tempo para treinamento. A partida está marcada para o sábado (22), às 21h, no Estádio Bento Freitas. Ele tem problemas para definir a melhor equipe, pois diante da Chape já havia perdido três titulares pelos mesmos motivos.

A pandemia da covid-19 já afetou, além do Sampaio, jogadores do MAC, Juventude Samas em julho, e Imperatriz mais recentemente. O clube da região Tocantina teve 14 casos positivos e ainda nem pôde fazer sua estreia na Série C do Brasileiro. No jogo do Estadual, na última terça-feira, em São Luís,antes da viagem o técnico Luís dos Reis e o auxiliar Jairo Nascimento testaram positivo e não viajaram. O time que foi goleado por 4 a 1 pelo São José esteve comandado pelo preparador físico Carlos Boni.

Fonte: O Imparcial

Deixe uma resposta