Política

Edilázio critica Dino por maior taxa de desocupação do Brasil

Anúncios

O deputado federal Edilázio Júnior (PSD) também criticou duramente o Governo Flávio Dino, após os dados do IBGE que comprovaram que o Maranhão tem a maior taxa de desocupação do Brasil.

De acordo com o IBGE, o número de pessoas desocupadas no Maranhão subiu para 445 mil, 47 mil pessoas a mais que em julho. O estado administrado pelo comunista alcançou 18,1%, sendo a maior taxa de desocupação do país no mês passado.

Para Edilázio, o governador maranhense tem se mostrado negligente com a população e sugeriu que Flávio Dino, ao invés de reclamar do Governo Bolsonaro, criasse um auxílio para os maranhenses.

“Indo na contramão de tudo que diz apoiar, o governo comunista se mostra mais uma vez negligente com a população. Falta incentivo do governo e medidas concretas que de fato beneficiem os maranhenses. No lugar de Flávio Dino ficar no twitter criticando o presidente, deveria ter pensado na criação de um auxílio a nível estadual para amparar os maranhenses que precisam. O povo precisa e quer trabalhar! Precisamos tomar providências, nossa população não pode viver assim”, criticou Edilázio.

Só que Flávio Dino já deixou bem claro, pela sua teoria e sua prática, que seguirá falando e criticando muito, mas fazendo bem pouco para mudar a realidade do Maranhão.

*Fonte:BlogdoJorgeAragão

%%footer%%

Categorias:Política, slider

Deixe uma resposta