Polícia

Polícia desmonta rede de jogo ilegal, apreende carros de luxo e identifica proprietários

Anúncios


A Polícia Civil do Maranhão desmontou um esquema de jogo ilegal na Ilha de São Luís nesta quinta-feira (1º). A Operação Caça-Níqueis fez cerca de 200 apreensões, incluindo máquinas caça-níqueis, dinheiro e veículos de luxo.

O delegado geral da Polícia Civil, Armando Pacheco, diz que a operação teve dois grandes objetivos: “O primeiro foi desativar os locais onde estavam funcionando essas máquinas. O segundo foi ter a localização e a busca dos proprietários”.

Ou seja, além da desarticulação das pessoas que estavam trabalhando, também foram identificados os reais proprietários.

Esta foi apenas a primeira fase da operação, que também apura a participação de policiais que dariam cobertura ao funcionamento ilegal desses estabelecimentos.

Identificação

O delegado Luciano Bastos, da Seccional Oeste, ficou responsável pela identificação dos locais das casas de jogos azar e dos proprietários: “Após três meses de investigação, foi possível identificar as residências dos proprietários dos jogos de azar, bem como onde estavam funcionando”.

De acordo com o delegado Roberto Wagner Fortes, da Superintendência Estadual de Combate à Corrupção, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão em residências e locais que exploram o jogo ilegal.

Em três desse locais, foram apreendidos cinco veículos de luxo, incluindo três blindados. Em uma das casas, foram encontrados R$ 52 mil. Documentos de veículos, notebooks, celulares, CPUs, pen drives e cartelas de bingo também foram apreendidos.

Foram encontrados ainda centenas de vouchers para jogo em casas de bingo.

Os locais investigados em São Luís ficam nos bairros Sítio Leal, João Paulo, Olho d’Água, Vila Embratel, Parque Timbira, Cohab, Areinha, Parque dos Nobres, Centro, Parque Pindorama e Maracanã.

%%footer%%

Categorias:Polícia, slider

Deixe uma resposta