slider

Manifestantes incendeiam igrejas durante protestos no Chile

Anúncios

Templos foram incendiados durante as manifestações que comemoram um ano do início dos protestos sociais no Chile. A Igreja da Assunção, em Santiago, teve sua estrutura consumida pelo fogo neste domingo (18).

A pequena igreja de Santiago foi a segunda a ser atacada por encapuzados. O ataque ocorreu após várias horas de manifestação pacífica que ocorria próxima ao local.

Após o incêndio, a cúpula da estrutura desmoronou, gerando comemoração por parte dos manifestantes.

Durante o incêndio, uma cerca foi feita por bombeiros e equipes de resgate para evitar que a estrutura atingisse pessoas próximas. Os encapuzados que ali estavam pediam pela queda da estrutura, “deixa cair, deixa cair”, gritavam, segundo publicado no portal Correio Braziliense.

As manifestações de ontem, ocorreram em comemoração ao início dos protestos de 18 de outubro de 2019.

Outro templo, próximo ao local, também havia sido incêndio horas antes. O local foi saqueado e queimado, mas os bombeiros conseguiram conter as chamas.

O ministro do Interior e Segurança do Chile, Víctor Pérez, se manifestou contra os ataques. “Queimar igrejas é uma expressão de brutalidade”, afirmou.

*Fonte:MidiaMax

%%footer%%

Categorias:slider, Violência

Deixe uma resposta