slider

Os benefícios da jardinagem para as crianças

Anúncios

O verde das folhas, o colorido das flores e o sabor dos frutos. Ter contato com as plantas traz diversos benefícios e não faltam estudos que comprovam, até mesmo quando elas estão dentro de casa. Pesquisas já mostraram que plantas em casa influenciam positivamente o humor dos moradores, acalmando-os, e que principalmente as flores são capazes de aumentar instantaneamente o nível de felicidade das pessoas.

Para as crianças, o cenário não é diferente. Esse contato com os pequenos é super positivo e ajuda no desenvolvimento da garotada. Na escola, projetos com hortas sempre foram realizados, segundo a pedagoga do Centro Universitário Estácio São Luís, Thalyta Fróes. “Essa prática leva o aluno a refletir sobre sua alimentação, senso de responsabilidade e cuidado com o outro”, complementa.

No cenário atual de pandemia, observa-se o aumento de pessoas que estão cuidando de plantas em casa com a participação das crianças. “Os efeitos são terapêuticos e relaxantes nas crianças. O respeito ao meio ambiente é outro ponto a ser observado. Com experimentos de ciências, como plantas feijão ou abacate, a criança fortalece sua confiança em si e capacidade de cuidar. Todos os pais devem estimular essa responsabilidade em seus filhos”, destaca Fróes.

Plantas indicadas para as crianças

Para aproveitar ao máximo todos os benefícios, é preciso conhecer qual espécie é indicada para a criança cultivar e qual pode se adaptar melhor em casa. O florista do Spazio Mateus, Rafael Martins, sugere as hortaliças, principalmente para estimular o olfato, sendo uma boa pedida para tempero, como alecrim, hortelã, manjericão, salsinha, cebolinha, coentro, orégano e outras.

E para estimular o paladar, nada melhor do que frutas e legumes. “Mesmo as crianças muito pequenas sabem que verduras e frutas vêm da terra e será divertido participar do processo de cultivo”, diz Martins. O florista indica tomates, um exemplo, é o tomate-cereja que não cresce muito e são saborosos.

Para estimular a visão e o olfato e trazer mais beleza para o lar, a sugestão são plantas com flores, como orquídeas e girassol. O florista destaca que plantas com espinhos (cactos), devem ser evitadas e algumas espécies podem ter substâncias tóxicas, “que na verdade são defesas naturais contra predadores, mas podem causar em humanos e animais irritações na pele e outros tipos de alergias”, pontua Martins. Na hora de escolher a espécie, vale à pena consultar um profissional. No Spazio Mateus há o setor de Jardinagem nas unidades (Cohama, Calhau e Renascença), com profissionais treinados que poderão ajudar você e com plantas indicadas para as crianças.

Separamos três benefícios que as plantas podem trazer as crianças. Confira:

1-Responsabilidade

Antes de qualquer coisa, plantas são seres vivos. E da mesma forma como acontece com os animais de estimação, elas são responsabilidade de todos na casa. A partir dos 3 ou 4 anos a criança já tem noção de que não pode arrancar as folhas e de que é preciso regar e cuidar.

2-Aceitar as diferenças


Ao assumir responsabilidade nos cuidados das plantas, a criança também vai perceber que, assim como as pessoas, cada uma delas tem necessidades diferentes: umas precisam de mais água, outras de menos. Algumas gostam de ficar direto ao sol, outras, não. Isso ajuda a ampliar o olhar sobre as diferenças e aprender a respeitá-las.

3-Exercício da paciência

Em casa, a criança tem a oportunidade de observar todo o processo de desenvolvimento da planta: desde o surgimento das raízes e do primeiro broto até o crescimento do caule, das folhas e, finalmente, o desabrochar das flores e o amadurecimento dos frutos. Sobretudo para essa geração que não está acostumada a esperar, esse pode ser um exercício bem interessante. Para os menores, a experiência do feijão no algodão é eficiente para despertar neles a curiosidade – e não demora tanto assim para que os brotos apareçam!

%%footer%%

Categorias:slider

Deixe uma resposta