Política

Jair Bolsonaro cumpre agenda no Maranhão para visita técnica às obras de restauração da BR-135

Anúncios

Está prevista para esta quinta-feira (29), no período da manhã, visita do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), à capital maranhense. Na oportunidade, ele participa de visita técnica às obras de restauração da BR-135, no quilômetro 37, trecho entre São Luís e Bacabeira.

Durante a tarde, Bolsonaro segue para o município de Imperatriz, na região tocantina. No local, a previsão é que ele participe de visita ao Panelódromo, na Praça Tiradentes, centro da cidade.

PCdoB no Maranhão

Nesta terça-feira (27), o presidente Bolsonaro pediu a Deus para que o PCdoB seja retirado do governo do Maranhão, sem citar o nome do governador Flávio Dino, em conversa com apoiadores, no Palácio da Alvorada. Dino é uma das apostas eleitorais do campo progressista para a próxima eleição presidencial, enquanto o chefe do Planalto tenta uma inserção no Nordeste para atrair votos na região em busca da reeleição.

“Tem que tirar o PCdoB de lá, cara, pelo amor de Deus. Só aqui no Brasil mesmo, comunista falando que é democrático. Eu estou fazendo pesquisa aqui”, disse ele a sua claque.

O governador Flávio Dino reagiu. “Em vez de vir cuidar de trabalho sério, que o Governo Federal deve fazer imediatamente, Bolsonaro diz que vem ao Maranhão para esse tipo de agenda: agressões e campanha eleitoral. Tudo com dinheiro público”.

Investir na cura da COVID-19

Também esta semana, o presidente Jair Bolsonaro defendeu que seria mais fácil e barato investir em uma cura para a Covid-19 do que em uma vacina, e voltou a defender o uso de medicamentos sem comprovação científica para combater a doença.

“Temos o único presidente do planeta que acha mais ‘barato’ tentar tratar uma doença do que evitá-la. Não seria melhor deixar esse tema com os cientistas e profissionais de saúde ? E Bolsonaro não acha ‘caro’ termos milhões de pessoas doentes, hospitalizadas ou mortas?”, reagiu Flávio Dino à declaração do presidente da República.

Desmente negativa de segurança

Vale lembrar que, na semana passada, o Governo do Maranhão declarou que era “mentirosa qualquer versão de que foi negada segurança” ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), para suposta visita à cidade de Balsas, a 810 quilômetros de São Luís.

“Alguns irresponsáveis estão mentindo à população de Balsas sobre o cancelamento de uma suposta visita de Bolsonaro à cidade. Não houve nenhuma negativa de segurança a ele. Gostaria que mostrassem o documento que provaria a fantasiosa versão”, afirmou à época o governador do Maranhão.

*Fonte:Ma10

%%footer%%

Deixe uma resposta