Cultura e Entretenimento

Prefeitura inicia nesta quarta-feira (25) segunda eliminatória do Festival da Música Canta São Luís

Anúncios

Os 60 artistas classificados na primeira eliminatória do Festival Canta São Luís, da Prefeitura, voltam a subir ao palco da Praça Maria Aragão a partir desta quarta-feira (25) quando inicia a segunda eliminatória que segue até sexta-feira (27). Vinte artistas participam em cada noite. O I Festival Ludovicense de Intérpretes da Música acontece a partir das 18h30, cumprindo todos os protocolos sanitários contra a Covid-19. A grande final será dia 4 de dezembro. O evento é uma realização da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior e tem como objetivo incentivar a criação musical, revelar talentos, promover intercâmbio cultural entre artistas do município, proporcionar o fortalecimento da cultura ludovicense e oferecer lazer cultural gratuito para a população. A relação com o nome dos candidatos que vão concorrer está disponível no endereço https://saoluis.ma.gov.br/cantasaoluis.

O prefeito Edivaldo destaca a importância do evento. “O Festival Canta São Luís incentiva e reconhece os talentos locais, bem como oferece à cidade um evento cultural de grande relevância, atraindo o cidadão ludovicense e também turistas. A primeira seletiva foi um grande sucesso que vai se repetir ao logo do festival”, disse o prefeito Edivaldo.
Nesta etapa, há uma novidade no processo. A cada dia serão escolhidos 10 concorrentes pelos jurados, mas os que forem desclassificados terão mais uma chance, pois o público poderá acessar o site do festival (https://saoluis.ma.gov.br/cantasaoluis), onde será aberta uma janela de até 10 minutos para “salvar”, isto é, escolher uma pessoa para a final. Para etapa final serão selecionados 33 concorrentes (30 escolhidos pelo corpo de jurados e outros três pelo público, via internet).

Os 60 concorrentes que participam dessa nova fase foram classificados na primeira etapa do festival, da qual participaram 120 intérpretes. Os cinco vencedores receberão as seguintes premiações : 1º lugar R$ 60 mil; 2º lugar R$ 40 mil; 3º lugar R$ 30 mil; 4º lugar R$ 20 mil; e 5º lugar R$ 10 mil.

AVALIAÇÃO DO PÚBLICO

Os que prestigiaram a apresentação dos artistas na primeira eliminatória, realizada até sexta-feira (20), fizeram avaliação positiva sobre o festival, como fez questão de pontuar o universitário Arthur Campos, de 24 anos. “Esse concurso é uma oportunidade grandiosa para os artistas que sonham crescer no ramo musical. Gostei bastante de todas as apresentações, tanto que já estou ansioso pela próxima etapa. Além de tudo, o festival é uma boa iniciativa para incentivar a cultura e não deixa de ser um presente para todos nós que ficamos distantes de eventos durante o período mais complicado da pandemia”.

Quem também não poupou elogios ao Canta São Luís foi a auxiliar administrativo Carolina Gonçalves, de 32 anos. De acordo com ela, o festival precisa continuar acontecendo, todos os anos. “Achei muito louvável essa iniciativa da Prefeitura de São Luís, pois demonstra preocupação com o setor cultural, que foi bastante afetado pelo coronavírus. Mais que isso, é visível a preocupação que se teve em criar um concurso para mostrar o potencial de muitos artistas desconhecidos, mas que depois que subiram nesse palco maravilhoso vão ser lembrados por muita gente. Acho importante a continuação desse festival, todos os anos, para incentivar nossos cantores”.

ESTRUTURA

A estrutura de cerca de 20 metros de comprimento é também uma atração na Praça Maria Aragão. Para que todos possam ver as apresentações, a Prefeitura de São Luís instalou telões para que o público acompanhe a desenvoltura do candidato. São duas grandes telas nas laterais do palco, que conta, também, com iluminação especial. Som, banda e arranjadores também foram disponibilizados pela gestão do prefeito Edivaldo.

O público que comparece ao evento pode se acomodar em cadeiras distribuídas por toda a praça, diante o palco, obedecendo distância mínima entre a fileira da frente como medida de proteção à Covid-19. Ainda por causa da doença, todos devem permanecer com máscaras de proteção. Bombeiros civis da Prefeitura de São Luís também fazem o controle de acesso ao espaço, que foi fechado por gradil de ferro. Todos que adentram ao espaço precisam passar por aferição de temperatura e são guiados a higienizarem as mãos com álcool em gel, disponível por toda a praça em totens e dispensadores.

%%footer%%

Deixe uma resposta