Polícia

Bomba: Operação da PF teria como alvo pedido de propina em recurso milionário da Saúde de São José de Ribamar

Anúncios

A operação “Ágio Final”, da Polícia Federal, que cumpriu nesta quinta-feira (03), mandados de prisão em São José de Ribamar, São Luís e outras duas cidades, pode revelar um esquema envolvendo mais de R$ 5 milhões em emendas parlamentares destinadas para São José de Ribamar.

Na coletiva de imprensa, logo após a operação que prendeu três acusados de extorsão, o delegado Renato Madsen confirmou que um prefeito maranhense estaria recebendo ameaças para pagar propina em recursos que totalizam R$ 5 milhões.

Ao detalhar o caso, o delegado não revelou o nome do prefeito, mas disse que o político estava sendo cobrado, com ameaça de morte, e teria tido sua casa invadida pelos acusados, que exigiam pagamento de 20 a 30%, como parte de acordo pela articulação do recurso.

Apesar do nome do prefeito não ter sido revelado, reportagem da TV Mirante identificou que o político é o prefeito derrotado de São José de Ribamar, Eudes Sampaio.

Agora, a PF deve se aprofundar no caso para saber quem mais está envolvido no esquema.

*Fonte:MaraMais

%%footer%%

Categorias:Polícia, slider

Deixe uma resposta