Anúncios

Em setembro, um objeto misterioso passou pela Terra, chegando a 51.500 quilômetros de distância do nosso planeta. Após dois meses de muita investigação, cientistas conseguiram — finalmente — identificar quem era o tal “visitante”.

Não é um asteróide nem um cometa — muito menos uma nave alienígena. Nesta quarta-feira, a Nasa confirmou que o objeto, anteriormente conhecido como 2020 SO, era o propulsor de um foguete Centauro lançado em 1966.

O foguete carregava a missão Surveyor 2, que estava programada para pousar na Lua, mas entrou em uma espiral quando um de seus propulsores falhou. O Surveyor 2 acabou colidindo com a superfície lunar, mas o foguete se separou da espaçonave logo após empurrá-lo em direção ao seu destino, ficando à deriva no espaço.

*Fonte:EXAME

%%footer%%