Anúncios

O secretário de Saúde do Maranhão, Carlos Lula, ao conceder entrevista na TV Mirante, ao jornalista Clóvis Cabalau, confirmou que o Governo do Maranhão tem cerca de R$ 50 milhões para uma eventual aquisição de vacinas no combate a Covid-19.

Carlos Lula deixou claro que o Maranhão aguardará até o dia 15 de janeiro para que o Governo Federal coloque em prática o Plano Nacional de Vacinação, mas se isso não acontecer, o Governo Flávio Dino irá agir comprando sua própria vacina para os maranhenses.

“Infelizmente o Ministério da Saúde tem errado ao longo do ano. A gente errou quando apostou em uma vacina apenas. A maior parte dos países apostou em várias vacinas, por isso eles já começaram a imunização e a gente acaba, infelizmente, não tendo data para início da nossa, por isso a gente foi ao Supremo. A gente vai esperar pelo menos até o dia 15. A gente tem recursos reservados para iniciar a imunização da população do Maranhão, caso isso [o PNI] não se concretize”, afirmou.

O secretário adiantou que já tem mantido contatos com outros países sobre a aquisição de vacinas.

“Eu estou em contato com a Pfizer, ontem tive contato com o embaixador dos Estados Unidos para tentar também contato com a Moderna – além do Butantan e obviamente da Fiocruz, para que a gente tenha condições de ter vacinas no estado o quanto antes”, finalizou.

*Fonte:BlogdoJorgeAragão

%%footer%%