Anúncios

“O sucesso do pós-crise depende da eficiência do seu planejamento”, afirma Uranio Bonoldi

O ano de 2020 pode ser considerado um dos mais complexos deste século. Estamos passando por uma crise sanitária rara na história da humanidade. As consequências são inúmeras, principalmente para a economia. Para se preparar para o pós-crise, Uranio Bonoldi, profissional com mais de 30 anos de experiência no mundo corporativo, defende que o empresário deve fazer quatro perguntas a si mesmo. “Pode ser complicado tentar planejar algo quando você não sabe bem se a empresa terá condições de cumprir, nem quando isso tudo será possível. Ainda assim, nada supera o poder de um planejamento com os pés no chão, dentro daquilo que está ao seu alcance “, argumenta o especialista.

1 – Seus colaboradores estão familiarizados com a Missão, Visão e Valores da empresa?

Este momento da volta ao trabalho em cenário pós-pandemia é excelente para retomar e fortalecer os valores da empresa, seus pilares de sustentação e relembrar a missão e visão da organização. Esse é o ponto de partida para dar o sentido, fortalecer o propósito da empresa e debater os próximos passos. Discuta cada ponto e mostre o sentido de cada valor e pilares que norteiam os rumos da empresa.

2 – Você tem um plano de ação para momentos de crise?

Se tiver, parabéns! Siga seu plano! Mas se a resposta for não, essa é a primeira coisa que você precisa fazer… pensar em um plano de ação para momentos de crise. E umas das coisas mais importantes para incluir nesse plano é o que fazer para recuperar o tempo perdido em termos dos projetos que ficaram parados, lançamentos de produtos, clientes cujo atendimento foi suspenso até a volta da quarentena e por aí vai.

Além disso, é importante recuperar os prejuízos provenientes da crise. Olhando com todo cuidado para o fluxo de caixa, preservação dos resultados da empresa com base em uma recuperação planejada que deve ser monitorada e ajustada dia a dia com todo cuidado e atenção.

3 – Você conhece as lacunas da sua empresa?

Sempre tem algo que precisa ser melhorado, e talvez alguma dessas lacunas seja exatamente o que você precisa mudar agora para lidar melhor com os próximos desafios. O reconhecimento das lacunas pode te trazer o que fazer no plano tático, – no curto prazo e, o melhor momento para fazer o tático, que geralmente não exige muitos recursos, é no momento em que a empresa está se preparando para a retomada mais consistente dos negócios.

4 – Você está preparado para perder ou ter menor rentabilidade no seu negócio?

Talvez você perca colaboradores, fornecedores, talvez perca clientes, – participação de mercado e uns cem números de perdas. E é preciso estar preparado, porque, se isso acontecer, você estará pronto e terá força para não desistir e seguir com o que estiver disponível ao seu alcance e com o que faz parte da sua realidade.

Depois, com seu plano de ação bem desenhado e bem monitorado, será mais fácil você se reconstruir.

Essas são apenas algumas perguntas que empresários pequenos, médios e grandes devem se fazer para ter um negócio mais saudável para o pós-crise. Porém, cada empresa tem uma realidade e dinâmicas diferentes e, portanto, é necessário adequar o planejamento para o cenário em que a empresa em questão está inserida.

Sobre – Uranio Bonoldi atua como executivo e também como professor para turmas de MBA na Fundação Dom Cabral, é palestrante e escritor. Possui longa experiência executiva em cargos de alta gestão, especialista em tomada de decisão, carreira e negócios. Na Fundação Dom Cabral ministra aulas para executivos sobre poder e tomada de decisão. https://www.uraniobonoldi.com.br

%%footer%%