Saúde

Governo do Estado amplia número de leitos exclusivos para Covid-19 em unidades de saúde

Anúncios

Na última semana, acompanhando o aumento de casos da Covid-19 no estado, o Governo do Maranhão realizou mais uma ampliação no número de leitos exclusivos para assistência a pacientes diagnosticados com o novo coronavírus. Com a criação de leitos permanentes e provisórios, a rede estadual de atendimento a pacientes com a doença passou a contar com mais 42 leitos leitos de UTI e 18 de enfermaria.

“Seguimos acompanhando atentamente a evolução da pandemia no estado. Assim, vamos adequando a rede às necessidades atuais. Com o aumento de casos, estamos implantando novos leitos, onde há essa possibilidade, e reorganizando as unidades, para que todas as regiões do estado contem com leitos exclusivos para Covid-19 disponíveis àqueles que precisarem da assistência hospitalar”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Entre os leitos entregues pelo Governo do Estado, nesta semana, estão os 18 de enfermaria no Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), que passou a contar com 98 leitos clínicos e 62 de UTI. Outros 72 leitos estão em fase de implantação na unidade para reforçar ainda mais a assistência aos pacientes com a Covid-19 na Grande Ilha.

Leitos de UTI foram reservados em unidades como o Hospital Macrorregional Dra. Ruth Noleto, em Imperatriz; o Hospital Macrorregional Tomás Martins, em Santa Inês; o Hospital Regional da Baixada Maranhense Dr. Jackson Lago, em Pinheiro; e os Hospitais Dr. Carlos Macieira e Dr. Genésio Rêgo, em São Luís. Foram 42 leitos de UTI, sendo 13 em Imperatriz, 14 em São Luís, 10 em Santa Inês e 5 em Pinheiro.

Com a implantação dos novos leitos e o redimensionamento de leitos já existentes, o Maranhão passa a ter 831 leitos clínicos e 362 leitos de UTI exclusivos para casos da Covid-19. São 159 leitos de UTI e 372 leitos clínicos, na Grande Ilha; 55 de UTI e 106 clínicos, em Imperatriz; e 148 de UTI e 353 clínicos nas demais regiões do estado.

Os leitos da rede estadual de saúde exclusivos para atendimento a pacientes com a doença também estão distribuídos nos municípios de Morros, Barreirinhas, Alto Alegre, Timbiras, Peritoró, Viana, Santa Luzia do Paruá, Coroatá, Balsas, Monção, Itapecuru-Mirim, Timon, Pinheiro, Caxias, Presidente Dutra, Lago da Pedra, Grajaú, Carutapera, Bacabal e Chapadinha.

%%footer%%

Categorias:Saúde, slider

Deixe uma resposta