Polícia

Caminhoneiro é preso após morte de ex-rei momo de Porto Alegre em discussão de trânsito e vídeo reforça investigação

Anúncios

Foi preso pela Polícia Civil, no final da manhã desta terça-feira (6), o motorista do caminhão envolvido no acidente que matou Otávio Frota Júnior, 46 anos, rei momo do Carnaval de Porto Alegre entre 2001 e 2008. De acordo com os investigadores, ele teria acelerado propositalmente o veículo contra a vítima enquanto ambos discutiam.

Imagens de câmeras de segurança foram decisivas na investigação. Conforme a delegada Isadora Galian, o vídeo mostra o ex-rei momo em frente ao caminhão, de pé, discutindo com o outro motorista em meio à RS-240, em São Leopoldo. A vítima chega a bater no vidro do caminhão, mas o motorista continua a acelerar.

— O motorista de Uber, que é a vítima, se projeta na frente do caminhão para reclamar da batida e o motorista do caminhão acelera e arrasta ele por alguns metros — explica a delegada, que é titular da Delegacia de Homicídios da cidade.

O vídeo mostra o fato acontecendo às 7h45min, momento em que a RS-240 tinha alto fluxo de veículos. O motorista do caminhão deixou o local do acidente e se apresentou, mais tarde, em um posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Integrante do 3º Batalhão Rodoviário da Brigada Militar, o tenente Álvaro Júnior Ortiz Borba contou que a discussão entre o caminhoneiro e o motorista começou cerca de quatro quilômetros antes, ainda na BR-116.

— Já vinham os dois veículos, o caminhão e o Uber, em provocações na rodovia. Isso foi repassado pela testemunha que estava dentro do carro. Problemas na troca de faixas, ambos em discussão — detalhou.

Segundo a delegada, a análise inicial aponta um homicídio com dolo eventual — quando o autor do fato assume a possibilidade de matar a partir de seus atos, apesar de não ter a intenção direta.

O caminhoneiro preso, de acordo com a polícia, é Igor Cassiano de Moura, 30 anos. Informalmente, ele teria dito aos policiais que a vítima havia o agredido pela janela. Até a publicação desta reportagem, ele não apresentou advogado.

O acidente

Otávio Frota Júnior, 46 anos, que foi rei momo do Carnaval de Porto Alegre entre 2001 e 2008, morreu na manhã desta terça-feira (6) após uma discussão com um motorista de caminhão na RS-240, em São Leopoldo, no Vale do Sinos. Conhecido como Frotinha, ele era produtor musical e estava trabalhando como motorista de aplicativo após a crise do setor causada na pandemia.

*Fonte:GZH

%%footer%%

Categorias:Polícia, slider

Deixe uma resposta