Saúde

GOVERNO GARANTE CIRURGIAS A MAIS DE MIL PACIENTES DA REDE ESTADUAL

Anúncios

“O SUS daqui é um SUS que dá certo”, afirmou Antônia Lopes, de 38 anos, paciente da rede estadual que realizou cirurgia para retirada da vesícula. Ela é um dos 1.539 atendidos pelo contrato firmado entre a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e o Hospital São Domingos (HSD). O objetivo da estratégia é reduzir a acelerar a realização de procedimentos especializados, beneficiando quem é usuário do SUS e necessita de uma intervenção cirúrgica.

A história de dona Antônia começou em outubro do ano passado quando, em decorrência de uma pancreatite, desenvolveu complicações renais e de cálculo biliar. Natural de Vitória do Mearim, ela se deslocou até São Luís com o marido e a filha às pressas, fazendo o seu primeiro atendimento no Hospital Geral da Vila Luizão. De lá, ela foi transferida para o Hospital Dr. Carlos Macieira (HCM), onde foi submetida a exames e tratamento com sessões de diálise.

A paciente comentou que a estadia no HCM durou 20 dias, recebendo alta em seguida para continuar o tratamento em domicílio. “Por conta da pandemia, eu não pude fazer a cirurgia naquele momento, até que no início deste mês confirmaram o procedimento. A minha experiência nos três lugares foi muito boa”, acrescentou.

Dos atendidos através do contrato, mil já passaram pela cirurgia, os demais estão na etapa pré-operatória, que exige documentação ou exames específicos ou já aguardando a data agendada. Entre as cirurgias realizadas por meio do contrato estão Cirurgia Geral, Ginecológica, Urológica, Colecistectomia Videolaparoscopia, Hernioplastia, Ressecção Transuretral da Próstata, Retirada de Duplo J e Histerectomia dos tipos Abdominal e Total.

“O contrato entre o Governo do Estado e o Hospital São Domingos é de grande importância por possibilitar cirurgias àqueles que esperam por um procedimento. Assim, acelerar esse processo é devolver a esperança com a realização de um direito que é delas. Sem dúvidas, estamos trilhando o caminho certo e cuidando bem dos nossos pacientes”, disse o secretário adjunto de Atenção à Saúde da SES, Carlos Vinícius de Araújo.

As cirurgias eletivas contemplaram os pacientes que estão aguardando pelos procedimentos no HCM, unidade da Secretaria de Estado da Saúde (SES) referência cirúrgica de média e alta complexidade no Maranhão. O direcionamento está sendo de acordo com o quadro clínico e avaliação médica para uma consulta pré-operatória até a liberação para a realização da cirurgia na unidade particular.

O jovem Wesley Pereira, de 17 anos, também foi um dos beneficiados pelo contrato entre o Governo e o hospital. Ele foi submetido à cirurgia de retirada de pedras na vesícula. “Eu estava sentindo dores. Até que ontem recebi a ligação de que faria o procedimento e hoje mesmo estou recebendo alta. A minha experiência tem sido muito boa, eu pensei que fosse demorar mais, mas não. Foi tudo bem rápido. O atendimento foi ótimo”, contou.

A mãe de Wesley, dona Rose Costa, de 34 anos, compartilhou que, de agora em diante, irá seguir as orientações médicas e ajudar o filho a mudar a alimentação. “Ele foi muito bem atendido, eu só tenho a agradecer, primeiramente a Deus e depois a todos da equipe. De agora em diante ele vai se cuidar mais”, falou.

Radioterapia

O contrato entre o Governo e o hospital particular também está viabilizando sessões de Radioterapia a pacientes remanejados pelo Hospital Aldenora Bello (HAB).

O convênio já possibilitou o tratamento a 342 pacientes. Todos os pacientes da rede estadual atendidos no hospital particular através do contrato, seja para cirurgia ou sessões de radioterapia, são regulados pela Central de Regulação da SES e chamados, a partir da atual fila de espera, para o procedimento.

*Fonte:MA.gov

%%footer%%

Categorias:Saúde

Deixe uma resposta