Anúncios

O corretor que vendeu o imóvel alega que não recebeu sua comissão

A empresária Nadine Gonçalves, mãe do jogador Neymar Júnior, foi acionada na Justiça de São Paulo por um corretor de imóveis que intermediou a venda de uma mansão localizada no condomínio Park Palace, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

De acordo com informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal ‘O Dia’, o corretor alega que ele recebeu a mãe do jogador, em julho do ano passado, no Rio, e apresentou a ela o imóvel em questão, que foi anunciado por R$ 14 milhões.

No entanto, o profissional descobriu que ‘Neymar Pai’, que administra os bens da família, havia procurado diretamente a ‘Primo e Vaz Empreendimentos Imobiliários’ e fechado a compra por R$ 13 milhões.

Para a Justiça, o corretor afirmou que teria direito a receber os 6% sobre o valor registrado da mansão após a compra (R$ 611 mil), mas que corrigidos, já ultrapassaria os R$ 650 mil, já que teria sido ‘tirado’ da negociação, sem receber por seus serviços.

Na justiça, Nadine teria alegado que o suposto corretor na verdade era um motorista que em algumas ocasiões teria mostrado a ela alguns imóveis, já que ele sabia que ela estava procurando uma nova moradia e que todos os valores, incluindo comissões, foram pagos para a imobiliária que era proprietária do imóvel.

Os advogados de Nadine alegam que, se há alguma responsabilidade pelo pagamento de comissão, seria então da imobiliária, que já teria recebido R$ 13 milhões de reais pela venda.

*Fonte:NotíciasAoMinuto

%%footer%%