Anúncios

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) abriu 5.400 vagas para cursos profissionalizantes, que serão ofertados por meio do Programa Trabalho Jovem. Ao todo, serão ofertadas 128 turmas, em parceria com instituições religiosas presentes em 13 municípios maranhenses.

As inscrições estão sendo realizadas de forma presencial até o sábado (23), nos locais previstos no edital, de acordo com o quadro de vagas. A confirmação de matrículas deverá ser efetiva na segunda-feira (25).

“Esse período que estamos vivendo é muito delicado e esse projeto veio como uma luva encaixando na mão. Sabemos das dificuldades que os jovens vivem para ingressar no mercado de trabalho e esse projeto, com essa variedade de cursos, vem para ajudar os jovens. Vejo no olhar de alguns jovens a alegria e o otimismo deles em saber que vão se profissionalizar totalmente de graça. Estou muito feliz”. As palavras são do Pastor Cleiton Silva, da Assembleia de Deus Celestial no São Raimundo, uma das instituições religiosas contempladas com a oferta de cursos profissionalizantes.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destaca que os cursos ofertados por meio do Trabalho Jovem têm levado oportunidades para milhares de jovens por todo Maranhão e ofertar turmas em instituições religiosas, aproxima ainda mais a ação das comunidades e de quem verdadeira precisa de qualificação profissional.

“Ofertar esses cursos em parceria com as igrejas aproxima nossa ação das comunidades. São turmas que funcionarão em templos religiosos, salões paroquiais, entre muitos outros espaços, levando qualificação profissional e oportunidades de geração de emprego e renda, para milhares de pessoas em nosso estado. Essa é a intenção da parceria entre estados e igreja, para oferecer oportunidades por meio da educação. O estado é laico, mas ele não pode ser contra as igrejas. E assim, caminhando lado a lado, podemos melhorar a vida das pessoas com mais oportunidades”, exprimiu Felipe Camarão.

“Nos alegra poder participar de um projeto que cria perspectiva e horizontes novos para esses jovens. Hoje o grande desafio é resgatar a vida desses jovens para que se sintam atores de uma sociedade nova. Para isso é necessário, sobretudo, que as instituições possam estar todas engajadas para viabilizar caminhos novos para essa juventude”, declarou o Padre Antônio Jose, que esteve no ato representando a arquidiocese.

Veja o edital completo.

%%footer%%