Anúncios

São Luís enfrenta o quinto dia de greve dos rodoviários, após duas tentativas frustradas de acordo entre grevistas e empresários. Uma terceira audiência de mediação está marcada para esta segunda-feira, 25, na sede do Ministério Público do Trabalho, às 15h00.

Nesta mediação, além dos sindicatos de patrões e empregados e dos representantes do município de São Luís, está prevista a notificação da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB) e da Procuradoria Geral do Estado do Maranhão (PGE) para estarem presentes na audiência.

Os rodoviários reivindicam 13% de reajuste salarial, jornada de trabalho de seis horas, tíquete de alimentação no valor de R$ 800, manutenção do plano de saúde e a inclusão de um dependente e a concessão do auxílio-creche, para trabalhadores com filhos pequenos.

A Greve

A paralisação dos rodoviários teve início na madrugada da última quinta-feira, 21, com 100% da frota de ônibus sem circular na Grande São Luís. A categoria afirma que os donos das empresas não cumprem com uma Convenção Coletiva de Trabalho, que prevê uma série de direitos aos motoristas, por parte das empresas de transporte.

Informações: G1 MA

%%footer%%