Anúncios

Com foco na instalação de bibliotecas comunitárias e em ações de incentivo à leitura, o Projeto “Cidadania e Leitura” movimenta a área Itaqui-Bacanga e intensifica suas ações a partir deste mês. Neste sábado (30), às 16h30, a Biblioteca Comunitária Maria Aragão será inaugurada, na sede da Associação Comunitária do Itaqui-Bacanga (ACIB – rua Dom Luís, s/n, Conjunto EIT, Base da ACIB, Vila Bacanga), com vasta e lúdica programação.

No mês de novembro, será aberta a biblioteca da comunidade Vila Ariri, em data a ser definida.

O projeto “Cidadania e Leitura” é realizado pela Sociedade de Amigos das Bibliotecas do Maranhão (SAB), em parceria com a Associação Comunitária do Itaqui-Bacanga (ACIB), com apoio da Lei Rouanet e patrocínio do Instituto Cultural Vale.

A inauguração da Biblioteca Maria Aragão, neste sábado (30), será marcada por atividades como Contação de Histórias com arte-educadores, espetáculo teatral sobre leitura com a atriz Silvana Cartágenes e lanche para a criançada.


O Projeto

Cada biblioteca é trabalhada em todas as etapas, da concepção do projeto até a catalogação dos livros e inauguração. Assim, as unidades estão recebendo acervo de mil livros, mobiliário, equipamentos de informática e oficina de formação para os profissionais que atuarão nos espaços.

A iniciativa visa fortalecer vínculos entre as comunidades de 13 bairros da microrregião da Vila Embratel e 15 da Vila Ariri.

“O Projeto ‘Cidadania e Leitura’ é uma alternativa que a SAB encontrou para facilitar o acesso de comunidades carentes aos bens culturais, especialmente ao livro, visando à formação de leitores críticos e livres diante do mundo. É feito um estudo minucioso nas comunidades que vão receber o projeto. Na Vila Ariri, por exemplo, não há um espaço como esse de fortalecimento da vida comunitária”, ressalta Rosa Maria Ferreira Lima, bibliotecária e Coordenadora do Projeto.

A gerente do Instituto Cultural Vale, Christiana Saldanha, destacou o poder transformador que o projeto agrega ao ser instalado nos bairros. “Levar bibliotecas para as comunidades do Itaqui-Bacanga, tem o potencial de promover o acesso ao conhecimento e à cultura. Nosso trabalho no Instituto Cultural Vale tem como princípio possibilitar às pessoas ampliarem sua visão de mundo e criarem perspectivas de futuro, por meio da vivência da cultura. Entendemos que projetos como o Cidadania e Leitura tem um importante papel na transformação positiva na vida das pessoas e na democratização do conhecimento”, declarou Christiana Saldanha, gerente do Instituto Cultural Vale.

Moisilesia Bucele, presidente da Associação Comunitária do Itaqui-Bacanga (ACIB), é só gratidão pela parceria. “Um projeto como esse é de fundamental importância para a área Itaqui-Bacanga, por vários fatores. A leitura traz conhecimento, empoderamento, sabedoria para as crianças, adolescentes, jovens e adultos. Ter um espaço como esse é, sem sombra de dúvida assegurar à comunidade a possibilidade de acesso facilitado ao livro”, afirma ela.


As atividades

As atividades aglutinadas desde a preparação até a instalação e entrega das bibliotecas são diversas, como no caso da palestra “A importância da leitura e da biblioteca no exercício da cidadania”, ministrada pela professora doutora Leoneide Martins, da UFMA; da Oficina de Organização e Dinamização de Biblioteca, pela professora Maria do Rosário Guimarães Almeida; e da Oficina da Promoção de Leitura, pela professora mestre Aldenora Resende (UFMA).

As atividades de fomento à leitura são reforçadas com a utilização do Carro Biblioteca (da SAB). “O projeto é bastante abrangente dentro da comunidade e inclui a publicação de livro com as obras dos participantes do Concurso de Contos e Poesia”, afirma Rosa Maria Ferreira Lima.

%%footer%%