Anúncios

Os três servidores do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) foram liberados nesta quinta-feira, 28, pelos índios da etnia Guajajara, no município de Bom Jardim, após serem mantidos reféns durante dois dias pelos indígenas em razão do desabastecimento de água nas aldeias.

A liberação aconteceu após o reestabelecimento do fornecimento de água em duas aldeias que ficam na região.

Segundo as lideranças, há outras situações relacionadas a atuação do DSEI que tem revoltado a comunidade. Os índios denunciam também as condições do atendimento de saúde, que de acordo com eles estão com equipamentos deteriorados.

%%footer%%