Anúncios

A cidade de São Luís, capital do Maranhão, ganha mais quatro ‘Murais da Memória’ este mês de novembro, que serão graffitados pelas mãos do artista plástico Gil Leros. O Projeto “Amo, Poeta e Cantador” teve proposta aprovada em Edital da Lei Aldir Blanc, o que vai possibilitar a feitura de quatro novos murais ainda neste ano de 2021.
Nesta nova etapa, serão homenageados ‘amos, poetas e cantadores’ dos grupos de Bumba meu Boi da Fé em Deus, Maracanã, Nina Rodrigues e do Boi da Madre Deus. A proposta também vai viabilizar a produção de um livro (documental) contando a história do Projeto “Amo, Poeta e Cantador: Murais da Memória pelo Maranhão” entrelaçada às histórias dos mestres de Bumba meu Boi que estão sendo homenageados nos murais.
Nesta quinta-feira, dia 04 de novembro, o artista Gil Leros inicia (à tarde) o ‘Mural da Memória’ em homenagem ao mestre Antônio Ribeiro, conhecido no meio artístico como ‘Tonico’, presidente do Bumba meu Boi da Fé em Deus, e que há aproximadamente 50 anos tem uma vida dedicada à cultura maranhense. O mural será construído na sede da brincadeira, no bairro Fé em Deus, localizado próximo ao Centro de São Luís.
Desde 2015, o artista Gil Leros já graffitou 13 grandes murais em cidades do Maranhão e um deles no município de São José de Rio Preto (São Paulo). Somando-se aos quatro novos que serão feitos este mês em São Luís, o livro trará, portanto, 17 lindas histórias do Bumba meu Boi do Maranhão, dos murais e das grandes personalidades homenageadas pelo projeto.
O livro será lançado logo após a confecção dos murais, por plataforma online, através de uma roda de conversa. A proposta é reproduzir ainda 500 exemplares para serem entregues/doados em escolas, pontos de cultura e instituições culturais do Brasil.
Faz-se oportuno ressaltar que, além do livro, temos um documentário para ser lançado ainda este mês, que está em fase de conclusão, e que vai retratar mais à fundo as tradições religiosas e culturais dos grupois de Bumba meu Boi, bem como a trajetória percorrida pelo projeto “Amo, Poeta e Cantador” neste ano de 2021, e que resultou na confecção de 10 grandes murais em sete cidades do Maranhão.
Os recursos para a construção dos quatro novos ‘Murais da Memória’ são oriundos da Lei Federal nº 14.017, por meio da Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão – SECMA (Edital 07/2021), do ‘Conexão Cultural – Fomento a Projetos’. A realização é do artista Gil Leros, por meio da “Maais Arte”.

%%footer%%