Anúncios

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, na segunda-feira, 15, que deve decidir em qual partido irá se filiar dentro de um período entre duas e três semanas.

Segundo a jornalista Tainá Farfan, da CNN Brasil, o presidente fez exigências de mudanças nos comandos do PL em alguns estados, no Maranhão inclusive. Bolsonaro pediu a Costa Neto a substituição de Josimar de Maranhãozinho como presidente do partido no estado. O presidente nacional da sigla rechaçou a possibilidade.

Preciso, se virar candidato, ter candidatos em quase todos os estados e em especial São Paulo, que tem mais de 30 milhões de eleitores. O Valdemar é uma pessoa de palavra, falou que está buscando uma negociação, ele não conseguiu ainda a garantia do outro lado que possa desfazer o que fez no passado, decidimos adiar. Não adianta começar o casamento com coisas pendentes”, disse o presidente.

Questionado sobre possíveis conversas com outros partidos, Bolsonaro disse também falar com o Progressistas (PP) e o Republicanos. “A possibilidade existe, eu tenho um limite. É o que tenho falado: espero pouquíssimas semanas, 2 ou 3 no máximo, para casar ou desfazer o noivado, mas acho que tem tudo pra gente ficar feliz”, afirmou.

%%footer%%