Anúncios

A XXVI Semana do Músico do Estado do Amapá, anualmente promovida pelo Centro de Educação Profissional Walquíria Lima através das secretarias de educação e cultura, tem como convidado-mor o jovem músico e escritor maranhense Willame Belfort, que ministrará uma oficina de técnica vocal para coros, fará concertos e ainda receberá uma homenagem por seu precoce e notório trabalho como compositor. A semana, que se iniciou nesta segunda-feira (22), vai até o dia 26 de novembro e reúne inúmeros artistas da capital Macapá e até uma musicista polonesa, a harpista Chiara Imbrini.
Willame nos fala sobre emoção em participar de mais um evento representando o Estado do Maranhão, e reforça o olhar do poder público e/ou privado para fomentar tais intercâmbios aos artistas locais, neste caso, do Maranhão: “-Desde o primeiro contato através da rede social WhatsApp, até o convite formal, fui calorosamente recebido; uma acolhida pautada na sensibilidade de pessoas imensamente humanas, e isto resulta da transformação que a arte nos causa. No que tange representar o meu amado Estado do Maranhão, tem se tornado um hábito quase que natural e inevitável, fico feliz, mas peço aos caros políticos e empresários estejam mais atentos e prestativos aos seus artistas. Minha vinda à Macapá só foi possível graças ao esforço pessoal do diretor da Escola de Música do Estado do Maranhão “Lilah Lisboa de Araújo” Prof. João Soeiro e do Deputado Estadual Wendell Lages.”
A agenda do jovem músico está dividido entre ensaios na segunda e terça-feira, oficina na quarta e quinta-feira, culminando no concerto à noite com os participantes da oficina de técnica vocal, que solenidade de homenagem ao compositor e o seu concerto com a cantarola lírica Vera Vigário, Professora de Canto do Walquíria Lima.
Willame Belfort é, pianista e compositor erudito com músicas executadas em vários estados e países, escritor e poeta com dois livros solos de poesia já publicados e inúmeros prêmios, docente no NAAH/S Joãosinho Trinta e “Imortal” pela Academia de Artes, Ciências e Letras do Brasil – ACILBRAS.

%%footer%%