Anúncios

Frente às dificuldades de iluminação presentes no Estádio Municipal Nhozinho Santos, em São Luís, o deputado estadual Yglésio Moyses (PROS) destacou na última terça-feira (23), na Assembleia Legislativa, que vem discutindo junto à Equatorial Maranhão e a Enova Energia a instalação de um sistema de iluminação no estádio. O projeto precisa de parceria com a prefeitura de São Luís, que deve ser ajustada em reunião posterior.

O sistema será abastecido por placas solares que, segundo o deputado, serão instaladas no teto do estádio.

“Nossa ideia é que o Nhozinho Santos receba uma cobertura de placas solares a partir do Programa de Eficiência Energética que as concessionárias precisam gastar e que a Equatorial fique com esse excesso de energia, mas que, em contrapartida, garanta a iluminação do Estádio Nhozinho Santos”, explicou.

O Programa de Eficiência Energética citada pelo deputado é um programa gerenciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL e executado pelas concessionárias, que garante o investimento de recurso obrigatório para ações que beneficiem a sociedade por meio do acesso à iluminação pública.

O estádio passou por reforma na última gestão da capital, mas não foi instalado um sistema de iluminação. Atualmente, as partidas são realizadas no período da tarde, o que prejudica o condicionamento físico e o rendimento dos atletas durante as partidas. “É um risco maior de lesão para os atletas e, principalmente, para o esporte amador”, afirmou o parlamentar.

Iluminação solar para o Moto Club

Ainda durante o seu discurso, o deputado informou que também está em andamento tratativas para a instalação de painéis solares no CT do Moto Club mediante parceria com as empresas citadas anteriormente. A parceria deve garantir redução na conta de luz do centro de treinamento do clube e fornecer energia para a rede elétrica que, hoje, é administrada pela Equatorial Energia.

%%footer%%