Lideranças indígenas da reserva Cana Brava, situada na região Central do Maranhão, ameaçam derrubar mais torres de energia caso não haja a presença da Funai e de representantes da Eletronorte no território.

Os indígenas estão insatisfeitos com as cestas básicas que recebem como forma de compensação ambiental e reivindicam o direito de poder comprar a própria comida.

Caciques de quatro territórios. Cerca de 60 lideranças do Conselho Supremo dos Guajajaras estão mobilizados na Reserva Cana Brava. Os indígenas exigem a presença de servidores da Funai e da Eletronorte para negociar uma pauta de reivindicações cobradas desde 2013.