Um novo levantamento realizado pelo Instituto Datafolha, divulgado nesta sexta-feira (17), aponta que o governo Bolsonaro segue rejeitado por 53% da população.

Apenas 22% consideram o governo ótimo ou bom e 24% avaliam como regular. 1% não souberam responder.

A pesquisa ouviu 3.666 pessoas com mais de 16 anos dos dias 13 a 16 de dezembro em 191 municípios brasileiros. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.

Maior rejeição

Os maiores índices de reprovação estão entre os homossexuais e bissexuais (75%), estudantes (73%), jovens de 16 a 24 anos (59%) e moradores do Nordeste (58%).

Também reprovam, com índices menores, os que ganham até dois salários mínimos (51%), entre os que ganham mais de 10 salários mínimos (48%) e moradores da região Sul (44%).

Melhor avaliação

O governo Bolsonaro é mais bem avaliado por empresários (50%) e evangélicos (32%). Também aprovam, embora com índices menores, os que ganham até dois salários mínimos (17%), os desempregados (16%) e os que têm entre 16 e 24 anos (13%).