Em relatório divulgado nesta quinta-feira, (23) a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais classificou 21 pontos das praias da Grande São Luís como próprios para banho.

O estudo coletou e analisou amostras de água em 22 pontos distribuídos nas praias de São Luís e trechos de São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa.

De acordo com a Sema, apenas o trechos em frente ao prédio verde com o Heliporto, situado na Praia de São Marcos, na capital, está impróprio para o banho.

As águas doces, salobras e salinas destinadas à balneabilidade (recreação de contato primário) terão sua condição avaliada nas categorias própria e imprópria.

Além disso, a ocorrência de chuvas influencia negativamente na qualidade das águas das praias, considerando que ocorre maior carreamento de matéria orgânica oriunda da lavagem das vias públicas para os rios e, consequentemente, para os mares. Portanto, na ocorrência de chuvas, recomenda-se evitar a recreação nas 24h que as sucederem.

O monitoramento foi realizado no período de 17 a 21 de dezembro de 2021, integrando a série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da Ilha do Maranhão.

Lista completa

O monitoramento foi realizado no período de 17 a 21 de dezembro de 2021, integrando a série de acompanhamento semanal das condições de balneabilidade das praias da Ilha do Maranhão. — Foto: Divulgação/Sema