A Federação das Indústrias do Maranhão (FIEMA), por intermédio do Serviço Social da Indústria (SESI), se mobiliza para arrecadar donativos para as famílias desabrigadas pelas fortes chuvas que caíram no Maranhão nos últimos dias. As primeiras cidades a receberem o auxílio da FIEMA/SESI são Mirador, Imperatriz, Balsas e Paraibano, situadas no sul do estado.

Nesta semana, famílias desabrigadas em Mirador já receberam 300 cestas com alimentos doadas pelo Sistema FIEMA e 400 garrafões (6 litros) de água mineral pela empresa Mar Doce. O presidente do Sistema FIEMA, Edilson Baldez disse que a federação está mobilizando o setor industrial para ajudar as cidades atingidas.

Nos próximos dias a FIEMA/SESI vão doar mais 3 mil cestas básicas para as cidades onde há famílias desabrigadas pelos temporais. Além das doações de cestas básicas e água mineral, o SESI Maranhão vai doar medicamentos da farmácia básica, 500 kits de higiene, 1.500 kits de COVID-19.

O SESI também fará atendimentos de saúde com as unidades móveis e oficinas de alimentação para as famílias que foram atingidas pelas chuvas na cidade de Mirador.

Paralelamente, o Sistema FIEMA estrutura o próximo passo de apoio, busca parcerias com o setor de infraestrutura para ações de recuperação da áreas urbana da cidade de Mirador, umas das mais afetadas no estado.

“Agradeço a cada empresa que tem se empenhado neste momento trágico que passamos no estado e abro aqui a possibilidade de que todos possam participar deste auxílio. Mesmo que de forma difícil, a situação serve para mostrar a força e união de nossas indústrias”, afirmou o presidente da FIEMA, Edilson Baldez.