O pro player de Street Fighter V, Robinho, foi banido da Capcom Cup após uma história pertubadora de estupro coletivo.

Robson “Robinho” Oliveira foi banido de todos os eventos da Capcom Pro Tour. Isso porque ele contou durante uma live na Twitch um estupro coletivo que ele teria participado anos atrás.

Após a decisão, Robinho chegou a se pronunciar, dizendo que a história foi inventada. Isso obviamente não parou a Capcom e a sua equipe de tomar ação. O jogador foi banido permanentemente de eventos da Capcom e retirado de seu time. Ele também foi banido de todos os eventos organizados por Rick “TheHadou” Thiher (Evo e Combo Breaker) e Alex Jebailey (CEO).

A história, que apareceu no início do mês no canal da Twitch de Robinho e foi contada pelo próprio, mostra o jogador admitindo que deixou uma mulher bêbada e levando a mesma para fazer sexo com mais de oito homens.

How did PATOZ react?

Sua equipe, PATOZ, soltou um comunicado sobre a situação. No texto, eles encerram o contrato com Robinho e desencorajam outros jogadores a seguirem os caminhos do player.

*Fonte:ESports