O Governo do Maranhão reduziu, temporariamente, as consultas e as cirurgias eletivas no Maranhão devido ao aumento de casos de Covid-19 no Estado.

Segundo o secretário adjunto de Atenção em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Carlos Vinícius de Araújo, a medida visa diminuir os riscos de contágio e ampliar a assistência aos pacientes da Covid-19.

“Já vivemos esse cenário e houve a necessidade de reduzir os procedimentos e as consultas que não são de urgência. Essa é uma medida que tem a intenção de proteger os pacientes que buscam atendimentos nas nossas unidades e também deixar a rede preparada para atender os casos da Covid-19, sobretudo, os mais graves”, esclarece o secretário adjunto de Atenção em Saúde da SES, Carlos Vinícius de Araújo.

Conforme a portaria, as cirurgias eletivas serão reduzidas em 30% e apenas as cirurgias oncológicas ou aquelas em que o adiamento possa resultar risco de agravamento do quadro clínico do paciente serão mantidas.

A retomada integral de consultas e cirurgias eletivas, quando autorizadas, vai observar a ordem cronológica dos agendamentos.