Governador do estado tenta emplacar o tucano Carlos Brandão, mesmo diante da resistência do ex-presidente e de aliados

Uma disputa dentro da esquerda pode inviabilizar o palanque eleitoral do ex-presidente Lula no Maranhão, estado do governador Flávio Dino (PCdoB), um de seus principais aliados.

Durante esta semana, o ex-presidente teve conversas tanto com Dino quanto com o senador Weverton Rocha (PDT) na sede do Instituto Lula para tentar costurar um acordo de reunificação da esquerda no estado. Dino insiste na candidatura ao governo de seu vice-governador Carlos Brandão. Brandão está no PSDB, mas que deve migrar para o PSB nas próximas semanas.

Weverton, por sua vez, trabalha pela sua candidatura mesmo à revelia de Dino (foto).

O petista, conforme apurou O Antagonista, demonstrou preocupação com a insistência de Dino e disse que não gostaria de subir em um palanque contra o senador, que é constantemente citado como “o melhor amigo do Lula” no Maranhão.

*Fonte:OAntagonista