O presidente Jair Bolsonaro (PL) nomeou nesta sexta-feira (18), o advogado maranhense Luís Gustavo Amorim de Sousa, como novo desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1).

A nomeação foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU). Luís Gustavo ocupa o lugar deixado pelo ministro Nunes Marques, que deixou a vaga no TRF-1, após ser indicado para uma vaga Supremo Tribunal Federal (STF).

Luís Gustavo Amorim era o primeiro nome da lista tríplice elaborada pelo TRF-1, com 23 votos. Em seguida, apareciam os advogados Flávio Jardim, com 20 votos e José Roberto Machado, com 17 votos.

De acordo com a Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA), esta é a primeira vez que a entidade tem um representante nomeado para o TRF-1.

O novo magistrado é natural de São Luís. Ele é advogado e possui especialização em Direito Público e pós-graduação em Poder Judiciário e Atividade Meio.

O maranhense é filho de Leomar Amorim, que foi desembargador do TRF-1 até 2014, sobrinho do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e genro da ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney.