Durante a coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (10) para promover a final do primeiro turno do Campeonato Maranhense 2022 entre Moto Club e Sampaio Côrrea, os presidentes dos dois times falaram sobre as expectativas para o jogo, que será no próximo sábado, às 18h, no estádio Castelão.

Para o presidente do Moto Club, Yglésio Moyses, o jogo significa um momento de virada para o futebol maranhense, sendo a reestruturação do time benéfica com a rivalidade pelo Sampaio Côrrea.

“O Moto está vivendo um momento muito favorável. Nosso elenco está muito motivado, junto com o treinador e a torcida. Esse momento é importante para equilibrar essa relação com o Sampaio nos úlitmos anos”, disse o presidente Yglésio Moyses. 

Para o jogo, estarão disponíveis ao público todos os setores do Estádio Castelão. Os torcedores do Papão do Norte ocuparão os setores 5 e 6. Enquanto a torcida do Sampaio ficará no setor 1. Os setores 2, 3, 4 e as cadeiras cobertas são mistos, ou seja, receberão torcedores das duas equipes. 

Sobre essa divisão, o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, frisou que o futebol é comunhão, momento de alegria e não de violência.  “Precisamos ser civilizados, do mesmo jeito que você convive na sociedade, você tem que conviver no estádio de futebol. Vamos levar a tranquilidade. É necessário ter um ambiente seguro e de civilidade dentro do estádio”, disse Sérgio Frota. 

O campeão do turno, além de avançar à final do Estadual, garante classificação para a Copa do Brasil de 2023. Em caso de empate no Superclássico, a decisão será nos pênaltis.