A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), cumpriu na manhã de desta quinta-feira (24) mandados de busca e apreensão em ação contra o vereador Major Roberto, da Câmara Municipal de Paço do Lumiar.

Além das sede do parlamento municipal, a operação – que teve apoio do Laboratório de Tecnologia Contra a Lavagem de Dinheiro (LAB/LD) – esteve em residências no Vinhais, escritórios na Areinha e no Maiobão, e em uma loja no Cohafuma.

Segundo a polícia, a diligência teve por objetivo coletar documentos que comprovem a ocorrência de crime de estelionato.

“Segundo os autos da investigação, o investigado, através de empresa interposta vendeu empreendimentos imobiliários situados na chácara Itapiracó e bairro Santa Rosa, sem concluir as obras e entregar os imóveis. Os mutuários vítimas procuraram a Polícia Civil para apurar se houve crime de estelionato”, diz uma nota da Polícia Civil sobre o caso.

Com base nas provas coletadas representou-se por mandado de busca e apreensão, ocorrendo o cumprimento na data de hoje. A documentação apreendida servirá como lastro probatório do inquérito.