O Sampaio Corrêa foi derrotado pelo CRB na noite desta segunda-feira (9) no Estádio Rei Pelé, em Maceió,  por 2 a 1, e encerrou a sexta rodada da Série B do Campeonato Brasileiro na 17ª colocação, zona de rebaixamento.

O gol que abriu o marcador em  favor dos alagoanos gerou polêmica, porque antes do cruzamento a bola tocou no braço do atacante Richard, mas o árbitro Héber Lopes considerou “não foi intencional” de acordo com a regra.


O próximo jogo do Tricolor será diante do Vila Nova-GO, no próximo sábado (14), às 18h30, no Castelão. Já o CRB volta a jogar somente na terça-feira (17), em Maceió, contra o Londrina, 21h30.


O jogo


Os tricolores começaram a partida em ritmo intenso e logo no primeiro minuto, num lançamento de Pimentinha da direita, Ygor Catatau recebeu na esquerda, mas não aproveitou a chance e bateu pra fora.


Com o lateral Maurício inteiramente fora de ritmo no lado direito da defesa, o CRB passou a explorar as arrancadas por aquele setor. Aos 17 minutos, Richard foi à linha de fundo e cruzou para a direita, a bola sobrou no meio e Anselmo Ramon pegou de  “sem pulo” , fazendo um golaço: 1 a 0. Os jogadores reclamaram que  houve toque de mão, no lance anterior.


Sem conseguir organizar as jogadas de ataque, o Sampaio foi dando espaço para os contragolpes do CRB. Aos 30 minutos, Richard recebeu na esquerda e cruzou para o meio. Fabinho concluiu e fez 2 a 0.


O time alagoano teve mais duas chances de gol, uma delas aos 38 com Guilherme Romão, mas não finalizou com sucesso. A única jogada mais perigosa do Sampaio foi numa cobrança de falta por Pimentinha, aos 40 minutos, porém, Catatau cabeceou por cima da meta.


No segundo tempo, o Sampaio voltou com duas mudanças. Saíram Eron para entrada de Poveda e Tiago Ennes  no lugar de Maurício. O time cresceu de produção e o CRB recuou para tentar os contragolpes. Em várias oportunidades, os bolivianos tentaram várias vezes em cruzamentos pelo alto,  onde a defesa regateana estava firme para afastar o perigo.


Em busca de outras alternativas, o Tricolor ainda tentou em chutes de fora da área, com André Luís, mas sem direção. Com as entradas de Eloir e Soares o time cresceu de produção. Aos 40 minutos, em jogada individual de Pimentinha,  Guilherme Romão cometeu pênalti. Gabriel Poveda bateu e diminuiu para 2 a 1.


Os minutos finais foram de muita pressão do Sampaio, mas aos 48 minutos, quase o CRB amplia, num cruzamento da direita que o zagueiro Pedro desviou contra a trave. Os bolivianos deixaram o campo reclamando da arbitragem no lance do gol inicial, quando a bola antes tocou no braço de Richard antes do cruzamento que resultou no golaço de Anselmo Ramon.


Classificação do G4


1º Bahia 13
2º Cruzeiro 13
3º Sport 11
4º Grêmio 10
Rebaixamento
17º Sampaio 5
18º Londrina 5
19º Tombense 5
20º CRB 4