Com atrações artísticas e culturais, os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs 2022) celebraram os 50 anos da maior festa esportiva do Maranhão. A abertura foi realizada no Ipem, na noite do último domingo (31), com a participação das delegações de 89 municípios maranhenses, do secretário da Casa Civil, Sebastião Madeira, que representou o governador do Maranhão, Carlos Brandão, e do secretário de Estado do Esporte e Lazer, Naldir Lopes. Os jogos seguem até o dia 18 de agosto.

O representante do governador no evento pontuou a importância da competição para os jovens maranhenses. “Seguimos uma determinação do governador Carlos Brandão para retornamos as atividades esportivas que já acontecem há 50 anos e que foram interrompidos por conta da pandemia. Hoje, voltamos com um excelente trabalho realizado pelo secretário Naldir Lopes. Essa é uma oportunidade para os nossos jovens competirem, superarem e se prepararem para a vida”, avaliou Sebastião Madeira.

À frente da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer, Naldir Lopes, destacou a importância de efetivar a ação esportiva para os atletas. “Após dois anos paralisados, retornamos com todo empenho para oferecer essa grandiosa festa do esporte. Estamos trabalhando para fomentar os jogos de 2022 de uma forma plena. Espero que os milhares de jovens possam aproveitar este momento ímpar”, pontuou Naldir Lopes.

Até o dia 18 de agosto, a estrutura do Ipem será a Vila JEMs, área que atenderá todas as necessidades das delegações, como hospedagem, vivência, espaço de jogos e entretenimento, praça de alimentação, dentre outras atividades que serão oferecidas aos atletas de todo o Maranhão.

Nesta etapa final serão aproximadamente 150 equipes que avançaram na fase classificatória, ocorridas nas etapas municipais e regionais. No total, são mais de 3 mil atletas em modalidades que vão pleitear medalhas nas categorias infantil e infanto, tanto masculino quanto feminino.

As disputas começaram no dia 31 de julho, pela manhã na categoria de 15 a 17 anos (infanto), feminino e masculino, com basquete, futsal, voleibol e handebol. Nestas quatro modalidades os jogos vão até o dia 4 de agosto, encerrando o primeiro bloco. Do dia 6 a 8 de agosto, no infantil (12 a 14 anos) e infanto a disputa será no atletismo, atletismo adaptado, badminton, ciclismo, karatê, taekwondo e werstling, encerrando o segundo bloco. No terceiro bloco, que começa no dia 10 e vai até o dia 12, no infanto e infantil, estarão presentes as modalidades de natação, ginástica artística, ginástica rítmica, vôlei de praia, judô, tênis de mesa e xadrez. No último bloco, de 14 a 18 de agosto, no infantil, acontecerá o basquete, futsal, handebol e voleibol.

Os melhores dos JEMs, na categoria de 15 a 17 anos, representarão o Maranhão na etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude, que acontecerão de 1º a 18 de setembro, em Aracajú, no estado de Sergipe. Já os melhores atletas de 12 a 14 anos representarão o Maranhão nos Jogos Escolares Brasileiros, no Rio de Janeiro, em novembro, com data a ser divulgada.

Em uma edição especial para celebrar os 50 anos, o JEMs 2022 trouxe renovação no desporto estudantil maranhense: primeiramente pelo retorno das atividades esportivas, após a pandemia, e pelo ponto alto dos jogos, com a comemoração do meio século da maior festa do esporte do Maranhão.