Arquivos do Autor

Caliel Di Castro

Moradores de Paço do Lumiar e São José de Ribamar com 18 anos ou mais podem se vacinar contra a Covid-19 até este sábado (26)

A partir deste final de semana até o dia 1º de julho, o Arraial da Vacinação vai contemplar moradores de Rosário, Riachão, Barra do Corda, Bacabal, Penalva, Parnarama, Matões, Dom Pedro, Governador Nunes Freire, Arari, Colinas, Cururupu, Buriticupu e São João Batista.

Suspeito de atear fogo contra ex-companheira é preso em São Luís

Segundo a Delegacia Especial de São José de Ribamar, o autuado já havia sido preso no último dia 2 de maio por ter ateado fogo nas roupas e agredido fisicamente a vítima, sendo posto em liberdade no sábado (5), mediante uso tornozeleira. Ainda segundo a polícia, em 2015 o suspeito ateou fogo com gasolina no corpo da mulher deixando extensas lesões.

“Arraiá do Povo em Casa” começa nesta quinta com grandes atrações transmitidas ao vivo pela TV Assembleia

Durante a exibição, os apresentadores farão, ao vivo, a interação nas redes sociais, usando a hashtag #ArraiáDoPovoEmCasa. Também será disponibilizado um contato via whatsApp (98 9972-6181) para que os internautas possam enviar vídeos e mensagens de texto, retratando momentos da festança junina junto com familiares e amigos.

Preços das placas de vídeo na China caem 45% com queda da mineração

Como muitos sabem, o mercado de placas de vídeo vem sofrendo bastante com a falta de estoque causada por diversos fatores, entre eles o novo “boom” da mineração de criptomoedas. Com a grande procura de mineradores por modelos de NVIDIA e AMD, os preços das GPUs sofreram um aumento significativos nos últimos meses, porém, parece que este mercado está dando os primeiros sinais de recuperação.

Flávio Dino se filia ao PSB e diz que eleição de 2022 será “plesbicito” entre Constituição e barbárie

Então, faz muito sentido [se filiar] nesse momento da história do Brasil, nesse momento de autorreforma do PSB. A gente quer contribuir pra estar nessa outra reforma. A luta política tem que ser pedagógica, ela precisa ser uma luta onde a gente tem a capacidade de falar com os diferentes e com os indiferentes, mas que seja fundamentalmente uma política capaz de ouvir, a gente tem que ter capacidade de escuta para uma sociedade que está muito sofrida”, completou Freixo.