Categoria: Saúde

Brasil deve receber mais de 842 mil doses da vacina da Pfizer em junho

O Brasil vai receber 842.400 doses da vacina da farmacêutica Pfizer/BioNTech contra a covid-19. A informação foi dada pelos coordenadores da Covax Facility ao Itamaraty. A previsão de entrega é para o mês de junho.

Diretoria da Famem se reúne com Flávio Dino para discutir combate à covid-19

“É muito importante, prefeitas e prefeitas, quanto mais rápido de nós vacinarmos, mais vacina o nosso estado vai receber. Então, nos cabe chamar nossos secretários e equipes, e vacinar de domingo a domingo. Enquanto tiver vacina no estoque, não tem que ter feriado, não tem que ter dia de domingo, porque quanto mais nós vacinarmos, mais estamos imunizando a nossa população”, ressaltou o presidente da entidade municipalista.

Prefeitura de São Luís orienta população vacinada para continuidade de medidas de proteção contra a Covid-19

Para a execução da ação, os agentes da Coetran seguem todo o protocolo de segurança sanitária necessário e se dividem, no caso do drive-thru de vacinação, tanto nas baias em que os vacinadores realizam a aplicação da dose do imunizante contra a Covid, quanto no espaço pós-vacina, onde os vacinados devem aguardar por 20 minutos. Em ambos, os idosos (público-alvo da fase atual da campanha de imunização) recebem plaquinhas, também com mensagem sobre os cuidados contra o coronavírus, para registrarem em foto o momento.

Prefeitura começa a semana com vacinação de idosos com 64 e 63 anos contra a Covid-19 em São Luís

“Com a abertura de novos pontos de vacinação, ampliamos o número de profissionais envolvidos e estamos contando com o apoio de estudantes, por isso estamos fazendo o cadastro dos estagiários da saúde, para que possamos, em breve iniciar a vacinação para esse público específico”, explicou o secretário municipal de Saúde, Joel Nunes.

Prefeitura de São Luís reforça ação de desinfecção do transporte urbano com aquisição de equipamentos automatizados

Ao executar a desinfecção dos coletivos, que acontece duas vezes ao dia nos Terminais de Integração, pela manhã e à tarde, os agentes se paramentam com macacões impermeáveis, luvas, botas, máscaras e óculos de proteção, conforme a preconiza a Associação Brasileira de Normas e Técnicas (ABNT) para manuseio de produtos químicos utilizados, o mesmo adotado na sanitização de ambientes hospitalares.